Menu

Fundo Azul e com letras de forma na cor branca e com contornos em amarelo, azul e vermelho diz "Rebelde" e o segundo E está ao contrario, estilo espelhado.


A Netflix anunciou hoje (01/03) o inicio da produção de 'Rebelde', que será um remake de Rebelde Way (2002 - 2003), versão argentina da novela, e não a versão mexicana Rebelde (2005 - 2006), que gerou a tão famosa banda RBD


Rebelde Way vs Rebelde 

Duas imagens lado a lado. Lado esquerdo poster de 'Rebelde' na base mostra a logo em fundo vermelho e com letras desgastadas escrito "rebelde" acima estão três garotos adolescentes e brancos usando uniforme que é um terno vermelho, porem eles usam de forma mais solta e despojada, com eles também estão três garotas brancas que usam mini saia, bota de cano alto e a blusa do uniforme dobrada de forma que apareça a barriga e elas usam gravatas igual as dos meninos e também de forma despojada. Na imagem da direita sob um fundo azul com circulos brancos, estão 4 jovens brancos, duas meninas de blusa preta mostrando a barriga e dois meninos de regata preta. No topo diz "Erreway" e abaixo "El disco de rebelde way"."


A versão mexicana já era um remake, então, como a versão da Netflix adaptará a original, já podemos esperar coisas diferentes. Por exemplo, na versão original tinha apenas 4 protagonistas: Mía Colucci (Luisana Lopilato), Manuel Aguirre (Felipe Colombo), Marizza Pia Spirito Rey (Camila Bordonaba) e Pablo Roberto Bustamante (Benjamin Rojas), que juntos formavam a banda "Erreway". Assim como a RBD, a Erreway se tornou uma banda de verdade fora das telas após o fim da novela, porém não teve o mesmo sucesso mundial. Os personagens equivalentes a Lupita e Giovanni existem, porém se chamam Luna e Guido, e são apenas secundários, não aparecendo mais na série após a 1ª temporada.

Rebelde Way também gerou outras versões em outros países, além da versão mais famosa do México, como por exemplo "Remix" de 2004 (versão da Índia), "Rebelde Way" de 2008 (versão de Portugal), "Corazón Rebelde" de 2009 (versão do Chile) e "Rebelde" de 2011 (versão do Brasil), que é a mais polêmica e a que mais trouxe mudanças drásticas no lore de Rebelde, e até flertou com temas sobrenaturais, como vampiros, em sua trama.


O lore de Rebelde

No geral, existem elementos que são a base de todas as versões, como por exemplo:

- O Elite Way School: uma escola particular de mais alto nível e muito cara que, entretanto, abre seleções de bolsas de estudo uma vez ao ano para jovens de baixa renda.

- Temas e dilemas adolescentes como primeiros amores, namoros, brigas, amizade, sexo etc.

- O tema central que dá nome a novela: a luta dos alunos para tornar o ambiente da escola menos tóxico e preconceituoso, pois existe uma espécie de seita na escola  um grupo que remonta décadas e é composto sempre dos alunos mais ricos da escola e que tem como objetivo expurgar os alunos bolsistas por acreditar que eles, por serem pobres, mancham a reputação da escola.

-  A parte musical e a banda: em todas as versões os protagonistas se juntam e formam uma banda. Sempre houve a tentativa de fazer com que as bandas se lançassem fora de suas respectivas novelas e se estabelecessem como banda na vida real também.


O que já sabemos da versão da Netflix?

A série será uma produção mexicana e já teve 20 episódios encomendados, no entanto, pelo padrão Netflix isso possivelmente significa a divisão em duas temporadas ou partes de 10 episódios cada, sendo a primeira parte com data de estreia para 2022.

Junto do anuncio do teaser, foi divulgada uma carta do "Elite Way School", na qual confirma que essa versão constará com 8 protagonistas, o que deve refletir em 8 integrantes da banda. A carta dá as boas vindas aos atores Azul Guaita, Sergio Mayer Mori, Andrea Chaparro, Jeronimo Cantillo, Franco Masini, Lizeth Selene, Alejandro Puente e a atriz brasileira Giovanna Grigio (Malhação: Viva a Diferença e As Five). No entanto, não foi revelado o nome de nenhum personagem.

Sobre as músicas, rumores diziam que a Netflix estaria em negociações com a Televisa, emissora original de Rebelde no México, para usar algumas músicas da RBD, e no teaser divulgado é possível ouvir uma nova versão de 'Rebelde', a música tema da novela de 2004, o que pode ser uma confirmação desses rumores. Isso é uma novidade, já que nenhum outro remake reaproveitou nenhuma música de qualquer versão anterior.

Confira o teaser:




Créditos

Texto: Gabriel Martins

Revisão: Gabriel Martins e Júlia Capuano




Imagem de capa: o Avatar Aang, um garoto de doze anos com olhos castanhos, pele clara e careca, uma tatuagem de seta azul na cabeça e roupas em tons de laranja claro e mais escuro e ao lado a Avatar Korra, uma garota de dezesseis anos com pele escura, cabelos castanho-escuros presos em um rabo de cavalo e dos lados, olhos azuis, musculosa, em roupas de tons de azul claro com detalhes brancos feita de peles.


O anúncio do Avatar Studios, a nova sub-divisão da Nickelodeon para a produção de novos desenhos animados e filmes do universo de A Lenda de Aang e A Lenda de Korra trouxe muitas novas possibilidades para novas histórias do "Avaverso".

No mundo dividido por quatro nações: Terra, Fogo, Água e Ar, a pessoa que domina os quatro elementos, o Avatar, procura servir como aquele que deve trazer equilíbrio para o mundo e sempre reencarna num ciclo infinito, ressurgindo em cada uma das nações, o que dá material para que os criadores Bryan Konietzko e Mike DiMartino possam brincar com em diferentes épocas, conceitos e ideias para enriquecer ainda mais a sua franquia.

E quais histórias podem ser contadas por eles em novas animações e filmes? Existem algumas possibilidades a serem exploradas no universo de Avatar e vamos listá-las agora.


A Lenda de Kyoshi

Imagem: a Avatar Kyoshi, uma mulher com uma maquiagem branca com detalhes marrom em seus olhos, com um chapéu com meio-sol feito de bronze, vestes verdes com detalhes verde-escuros e marrom e segurando um par de leques marrom-claros em uma região de floresta.


Uma das personagens mais interessantes de Avatar e muito reconhecida pelo público, a Avatar Kyoshi, que nasceu no Reino da Terra antes do Avatar Roku e teve uma das vidas mais interessantes dentre os Avatares passados. 

Ela era filha de dois criminosos: uma acólita renegada dos Nômades do Ar e um ladrão de uma família de atores empobrecida, de quem herdou o estilo de maquiagem e seus leques de guerra. Aos dezesseis anos, depois de viver uma vida difícil e ser adotada por um sábio do Ar, Kelsang, ela viu um de seus melhores amigos ser erroneamente identificado como o novo Avatar e enfrentou terríveis consequências. 

Além disso ela criou a Ilha de Kyoshi ao enfrentar Chin, o Conquistador, quando ele tentou dominar o Reino da Terra.

Kyoshi também viveu cerca de 230 anos e foi a maior Avatar (com os maiores pés também), e teve a maior parte de sua vida contada em duas novelas escritas por F. C. Yee e DiMartino chamadas A Ascenção de Kyoshi (2019) e A Sombra de Kyoshi (2020) que dariam uma ótima série ou até série de filmes contando o crescimento e origem da personagem.


A Ordem do Lótus Branco - A Origem

Imagem: fundo rosa-claro com a ilustração em branco do símbolo da Lótus Branca, um círculo com uma flor de lótus dentro, oito pétalas em torno de um círculo de pontos e um círculo branco no centro.


Um dos mistérios de Avatar: a Lenda de Aang que é revelado posteriormente na série é a sociedade secreta conhecida como a Ordem do Lótus Branco, cujo objetivo é transmitir conhecimentos raros transcendendo as Quatro Nações e por vezes protegendo o Avatar dos perigos que o cercam.

A Ordem iniciou-se como uma pequena organização discreta, mas que foi se tornando mais sofisticada ao longos dos anos em que cresceu em membros e segredos e a origem secreta dessa organização poderia servir como uma adição interessante pro Universo Avatar.


O Cerco de Ba Sing Se

Imagem: fundo de madeira com um pergaminho com caracteres orientais, como chineses e a ilustração de Lu Ten, o filho do Tio Iroh, um jovem com cabelos pretos presos em coques e uma roupa de soldado da Nação do Fogo.


O Cerco de Ba Sing Se ocorreu no final da Guerra dos Cem Anos quando a Nação do Fogo atacou (risos) a capital do Reino da Terra, sendo que as tropas que atacaram a cidade estavam sendo comandadas pelo próprio Tio Iroh.

Esse ataque durou cerca de seiscentos dias e apenas encerrou quando o filho de Iroh, o jovem Lu Ten acabou sendo ferido e morrendo em campo de batalha. Assim, o príncipe ordenou às tropas que retornassem e deixassem a batalha para trás.

Talvez pareça estranho que se faça uma série sobre uma única batalha, mas essa é considerada uma das maiores batalhas da Guerra dos Cem Anos da Nação do Fogo contra os outros reinos do Universo Avatar e um filme em animação com cenas de ação a la Samurai Jack seria uma maneira incrível de nos dar um insight maior sobre a situação da guerra.


A Lenda de Korra: Guerras Territoriais

Imagem: ilustração da graphic novel em que vemos Korra e Asami, a primeira de pele escura e cabelos castanhos curtos em roupas azuis e a segunda com pele clara e cabelos pretos em roupas vermelhas, montando em um espírito dragão-pássaro com asas cor alaranjada com penas vermelhas, bico e garras voando em um céu arroxeado e rosa.


As Guerras Territoriais são uma trilogia de graphic novels que contam os eventos seguintes ao Livro Quatro de A Lenda de Korra, em que a Avatar Korra e Asami Sato depois de voltarem de suas viagem ao Mundo Espiritual em que a Cidade da República está um caos, com um conflito entre humanos e espíritos emergindo ao mesmo tempo em que o Time Avatar precisa lidar com vários refugiados da guerra querendo se estabelecer nos territórios próximos a Cidade. 

Além de trazer novos personagens e queridos por muitos de volta numa minissérie ou trilogia de filmes baseada nessa história, além de desenvolver o romance entre Korra e Asami, algo que a série não pode fazer quando teve a sua exibição original. 


Aang e o Time Avatar versão adulta

Imagem: ilustração com as versões adultas do Time Avatar, da direita pra esquerda, Aang, careca com uma seta azul na cabeça, barba escura e roupas em tons de vermelho e laranja, Katara, de pele escura e cabelos longos castanhos em roupas de pele em tons azuis, Toph, de cabelos curtos que cobrem a sua testa, usando um vestido e um uniforme de metal que cobre sua roupa toda, os pés descalços, Zuko, com os cabelos pretos longos, roupas da nação do fogo em tons de vermelho-escuro e o olho esquerdo com uma cicatriz vermelha e Sokka, com os cabelos marrom-escuros cortados em um rabo de cavalo, uma barba e roupas de pele em tons azuis, além de uma espada em suas costas e no seu cinto.


Parece bem óbvio que os personagens mais queridos da franquia Avatar sãos os membros do Time Avatar original: Aang, Katara, Sokka, Toph e Zuko são os personagens mais populares e eles poderiam render diversas histórias interessantes sobre os seus dias construindo a Cidade da República e os conflitos que enfrentaram agora como adultos.

Claro sempre existe a possibilidade de isso dar tão certo quando uma peça sobre uma criança amaldiçoada, mas nunca se sabe...


Avatar Wan - Yangchen, Kuruk e outros...

Imagem: o Avatar Wan, um jovem de pele clara, longos cabelos castanho-escuros com uma barba no queixo curta e roupas em tons laranja-claros em uma região de floresta.


A história do Avatar Wan, o primeiro (e muito crushável) de todos os Avatares já foi contada em A Lenda de Korra, mas isso não significa que não poderia ser explorada de alguma forma, assim como os seus sucessores. 

Talvez uma das coisas que poderiam ser feitas seria uma série antológica contando a história de diversos Avatares, em que cada temporada foca em um certo período e em certo conflito de algum Avatar, com o a Avatar Yangchen dos Nômades de Ar e o Avatar Kuruk da Tribo da Água com o seu conflito com o espírito Koh. 


O Mercador de Repolhos - Uma História Avatar

Imagem: cena de A Lenda de Aang com o Mercador de Repolhos, um homem em roupas de tons verde-escuros e marroms com um turbante verde sobre a cabeça e barba cinzenta acariciando um repolho com o rosto e sorridente em uma rua de um vilarejo.


Se existe alguém que sofreu dentro de A Lenda de Aang foi esse personagem conhecido apenas como o Mercador de Repolhos, que sempre teve o seu fiel carrinho de repolhos destruído pelo Time Avatar e poderia ter a sua história contada e como ele fundou a Cabbage Corp e todos os carrinhos de repolhos que perdeu no caminho...


E quais ideias de spin-offs e séries derivadas você gostaria de ver no Universo Avatar? O primeiro filme animado do Avatar Studios terá a sua produção iniciada ainda no segundo semestre desse ano e ainda não tem de estreia. 


Créditos


Texto: Felipe Lima

Revisão: Felipe Lima




Close no peito do Superman. O collant azul com as pontas vermelhas da capa presas no ombro. No centro da imagem o símbolo do herói: um S vermelho em fundo amarelo.


Deadline divulgou hoje (26) a notícia de que um novo filme do Superman está sendo produzido pela Warner Bros. J. J. Abrams (produtor da série Lost e, mais recentemente, da trilogia Star Wars) será o responsável por trazer o homem de aço de volta aos cinemas.


O roteirista Ta-Nehisi Coates, que escreveu HQs recentes do Capitão América e do Pantera Negra, ambos pela Marvel Comics, foi contratado para escrever o roteiro desse novo filme.

Não é sabido, entretanto, se o ator Henry Cavill, que deu vida ao personagem nos filmes O Homem de Aço (2013), Batman vs Superman: A Origem da Justiça (2016) e Liga da Justiça (2017), voltará para esse projeto, uma vez que a produção está abordando a ideia de um Superman negro. 


Ainda de acordo com o jornal, o ator Michael B. Jordan (Pantera Negra e Creed) já havia demonstrado interesse em realizar um projeto protagonizado pelo Superman negro, mas que acabou não indo para frente, e que, quem sabe, ele não seria cotado para estrelar nesse novo longa.

O filme está sendo chamado de reboot pela imprensa americana, o que não significa, necessariamente, a troca do elenco principal, uma vez que a atriz Margot Robbie continua no papel de Harley Quinn no reboot de O Esquadrão Suicida, previsto ainda para 2021. No entanto, ainda se tratando dos filmes baseados nos quadrinhos da DC Comics, outro reboot trouxe mudanças significativas no elenco principal, que é o caso da substituição de Ben Affleck por Robert Pattinson como o Batman.


Informações sobre elenco e trama ainda não foram divulgadas.

O Superman de Henry Cavill volta, ainda, no filme Liga da Justiça de Zack Snyder, a versão do diretor, que estreia no dia 18 de março na plataforma de streaming HBO Max.



Créditos


Texto: Júlia Capuano

Revisão: Júlia Capuano

Imagem de capa: a silhueta de Wanda como Feiticeira Escarlate com o seu traje original dos quadrinhos na Jóia da Mente, rodeada por uma luz intensa e dourada.


O oitavo e penúltimo episódio de Wandavision chegou na Disney Plus

Nesse episódio, tivemos Agatha Harkness (Kathryn Hahn) finalmente desvendando a origem dos poderes de Wanda (Elizabeth Olsen), o retorno de Visão (Paul Bettany) e o início da anomalia em Westview


ATENÇÃO! Esse review contém SPOILERS do penúltimo episódio de 'Wandavision'. Leia com cuidado.



No início do episódio somos apresentados a Agatha Harkness em um flashback em Salem, Massachusetts, no ano de 1693.

Primeiro, poderíamos pensar que ela é uma das bruxas sendo perseguidas nos Julgamentos de Salem, mas não. Na verdade, Agatha é uma traidora do seu coven de bruxas, que esteve usando magia proibida, e as suas ex-companheiras tentam destruí-la pelo crime de usar essa magia maligna, mas ela consegue derrotá-las, matando-as ao absorver a energia delas e deixando todas como cadáveres envelhecidos no chão, incluindo sua mãe, a líder do coven

Uma coisa interessante sobre essa cena é que os poderes das bruxas são apresentados como uma energia azul, diferente dos poderes de Agatha, cujos poderes são roxos. Os poderes de Wanda, como descobrimos depois, são uma energia escarlate supostamente mítica. Isso dá a entender que as Joias do Infinito, cada uma de cor diferente, devem ter alguma influência na existência da magia no Universo. 



Quando voltamos ao presente, ainda estamos no porão da casa de Agatha que mantém Wanda ali e descobrimos que Agatha veio até Westview para descobrir como ela estava fazendo para construir toda a realidade de sitcom, algo que nem mesmo Wanda parece se lembrar.

Outro ponto interessante é que Agatha criou um espaço em seu porão protegido por runas místicas, não permitindo Wanda usar os seus poderes naquele lugar. Essas formas estão contornadas por hexágonos, uma forma que parece ampliar a magia e contê-la, coisa que Wanda deve ter feito subconscientemente. 

Mais uma coisa é o fato de que Agatha afirma ter criado o Pietro (Evan Peters) falso, pois ele nem mesmo surgiu do corpo do Mercúrio, que continua em Sokovia. 

Além disso, Agatha descobre que, embora Wanda tenha poderes mágicos, ela mesma não conhece os fundamentos básicos da magia, mesmo sendo capaz de manipular os moradores da cidade e, por quilômetros, transformar tudo em uma ilusão do sitcom e mantendo tudo o que acontecia dentro do domo, sem ter controle sobre tudo, e a bruxa quer entender de onde vem tanto poder. 




Então ela força Wanda a, literalmente, entrar em suas próprias memórias, na tentativa de descobrir mais sobre o passado dela e como tudo começou e, assim, elas voltam à infância de Wanda, em Sokovia.

Descobrimos que a pequena Wanda era fascinada em assistir sitcoms, inclusive para treinar o seu inglês  talvez até mesmo porque a família Maximoff pretendesse sair do país, na tentativa de escapar da guerra que o assolava. 

Mas é nesse momento que a bomba explode o apartamento em que a família vivia, matando os pais de Wanda e Pietro, e, caindo logo após, outra bomba ali, com a logo das Indústrias Stark, o que os manteve nos escombros por cerca de dois dias, até serem resgatados como sabemos desde a Era de Ultron



Nesse flashback, Agatha introduz a ideia de que Wanda sempre teve alguma habilidade dormente até que a Joia da Mente a despertou completamente. 

A bomba que caiu e falhou não teria explodido por causa de um feitiço de probabilidade que Wanda teria conjurado sem nem perceber. 



Depois disso, vemos o flashback dos experimentos que a H.Y.D.R.A. fez em Wanda, quando ela se tornou uma voluntária para a organização terrorista, e aqui temos aquela cena que havia sido apresentada nos trailers, dela se aproximando da Joia da Mente, que se abre e revela à Wanda uma visão de si mesma como a Feiticeira Escarlate.

Temos, então, duas opções: a primeira é que Wanda era uma bruxa que teve os seus poderes despertados e amplificados pela Joia do Infinito, e a segunda é que Wanda é uma mutante que teve os seus poderes aumentados, ou até mudados, pela Joia.

O ponto da revelação aqui é que Wanda já tinha algum poder inato dentro de si antes dos experimentos terem acontecido. 



Depois disso, temos uma cena de flashback bem sentimental de Wanda com Visão no período em que os dois conviveram juntos no quartel general dos Vingadores em Guerra Civil, na qual os dois discutem a morte de Pietro. 

Nesse flashback, Wanda afirma que nada no mundo conseguiria confortá-la, exceto ver o irmão novamente, e é claro que isso acontece mais uma vez quando o Visão é morto. Toda a construção da nova realidade é uma tentativa de ver mais uma vez as pessoas que ela perdeu.



E é aqui que temos a explicação da gravação que Hayward tinha sobre o corpo de Visão. Wanda tentou recuperá-lo na base da E.S.P.A.D.A. para fazer um funeral apropriado, mas o diretor da agência não permitiu, porque afinal o Visão é considerado uma poderosa arma consciente. O corpo não foi roubado, como Hayward havia afirmado.

A gravação de Wanda invadindo e destruindo tudo no laboratório não era dela roubando o corpo, mas sim dela apenas tentando sentir a presença dele no que restou do corpo.



Ao sair da base da E.S.P.A.D.A. é que descobrimos um envelope no banco do carro de Wanda, algo que a leva para a cidadezinha de Westview, New Jersey, e ao chegar em determinado ponto daquele lugar sabemos que Visão comprou um terreno para os dois. Um lugar onde poderiam construir a sua casa e, como ele mesmo escreveu nos documentos de propriedade do terreno, "para envelhecer juntos".



E é nesse momento em que ocorre o surto de Wanda. Depois da morte dos pais, do irmão e do seu novo amor, ela acaba liberando o seu poder e criando a realidade sitcom em torno de Westview, e até mesmo criando um novo corpo para o Visão, entregando-se para essa fantasia e tentando viver dentro dela o máximo possível.




Ao descobrir tudo isso, Agatha (com uma maquiagem bem ruim) toma Billy e Tommy, que estão como seus reféns, para o meio da rua, prendendo-os pelo pescoço, e revela que Wanda não só tem enormes poderes, como é a Feiticeira Escarlate.

Vale lembrar que essa é a primeira vez, em todo o Universo Cinematográfico da Marvel, que Wanda é chamada por esse nome.


E na cena pós-créditos, temos a revelação de que Hayward conseguiu reconstruir o corpo do Visão e reanimá-lo com um pouco do poder de Wanda, trazendo assim o paralelo das HQs do Visão Branco (uma fase do sintezóide na qual ele é controlado por Ultron), que desperta e parece que irá invadir o Hex


Agora que falta apenas mais um episódio para o final de Wandavision, temos várias perguntas não respondidas:

Quem é a pessoa que estava no programa de proteção a testemunhas?

Quem é Dottie? Ela é essa pessoa?

O Visão vai morrer? E as crianças?

E como essa série irá se conectar com o filme do Doutor Estranho e o Multiverso?


Teremos de enfrentar mais uma semana procurando e esperando as respostas para a season finale de Wandavision. Obrigado pela ansiedade, Kevin Feige!



Créditos


Texto: Felipe Lima

Revisão: Felipe Lima e Júlia Capuano





Imagem de capa: o personagem principal Luca, um garoto branco de olhos e cabelos castanhos boiando na água de uma costa durante o dia, e embaixo temos a metade do seu corpo debaixo da superfície da água que revela que ele é uma criatura marinha com o corpo coberto de escamas azuis, verdes e possui nadadeiras.


A animação Luca produzida pela Pixar ganhou o seu primeiro trailer oficial.


Na história temos Luca, um jovem garoto que irá passar por uma grande aventura durante o verão de sua vida na Riviera Italiana ao lado de seu amigo Alberto, enquanto come gelatto, massas e descobre uma nova amiga, Giulia, no vilarejo vizinho próximo da costa, toda a diversão só pode ser ameaçada por um segredo: ele na verdade é uma criatura marinha que vive debaixo da superfície do mar.


Confira o trailer aqui:




'Luca' deve chegar aos cinemas em junho de 2021.


Créditos


Texto: Felipe Lima

Revisão: Felipe Lima



Imagem de capa: fundo azul-marinho com um brilho em branco no centro e a figura do Avatar Aang, um garoto careca com o corpo e a cabeça coberto por tatuagens de seta azul, roupas em tons de amarelo, laranja e vermelho, segurando um cajado de madeira em uma mão e olhando para frente em posição de luta.


Os criadores das animações Avatar: A Lenda de Aang e A Lenda de Korra, Bryan Konietzko e Michael DiMartino, agora estão comandando um estúdio de animações exclusivo para a criação de novas animações da franquia. 


O site Deadline anunciou que o recém-criado departamento de animação da Nickelodeon, o Avatar Studios, será dedicado a criar novos projetos da franquia, incluindo mais séries e um filme animado que já estaria em desenvolvimento e produção prevista para começar no segundo semestre deste ano.


"Estamos extremamente gratos a Brian Robbins [presidente da Nickelodeon] e Ramsey Naito [presidente da Nickelodeon Animation] por seu entusiasmo pela propriedade Avatar e por nós como seus administradores", disseram os criadores. "Desde o início, eles apoiaram nossos planos ambiciosos e criaram um ambiente positivo e proativo para nós".


É preciso lembrar que Konietzko e DiMartino se afastaram da adaptação em série live-action que está sendo produzida pela Netflix com a alegação de conflito de interesses, mas com o recente anúncio de que as idades dos personagens devem ser trocadas e rumores de extremas mudanças na história da série o futuro dessa adaptação não parece muito brilhante


Ainda não temos detalhes sobre o filme animado que está sendo produzido. 


O Avatar Studios produzirá conteúdos para a Paramount + e Nickelodeon, além de outras plataformas, além de ter lançamentos no cinema em seus planos.



Créditos


Texto: Felipe Lima

Revisão: Felipe Lima



Imagem de capa: o ator Tom Hiddleston como Loki, em um terno com rasgos e um broche laranja e verde no peito que diz "Vote Loki", os cabelos pretos, e o seu elmo dourado com chifres, os braços nas costas e um sorriso trapaceiro, atrás dele estão vários homens armados, com casacos e chapéus, segurando espingardas e o teto e paredes do lugar parecem terem sido explodidos.


A série Loki ganhou sua data de estreia oficial na plataforma de streaming Disney Plus.


O projeto que dará foco no Deus da Trapaça do Universo Marvel, interpretado por Tom Hiddleston chegará na plataforma de streaming em 11 de junho desse ano. 


A série se passará depois dos eventos de Vingadores: Ultimato, em que acompanharemos Loki depois de fugir com o Tesseract para um longínquo ponto do Universo, agora atravessando diferentes mundos, enquanto ele tenta se afastar da sombra do seu irmão e precisa lidar com as consequências de suas ações e a agência A.V.T. - Autoridade de Variação Temporal


O elenco também conta com Owen Wilson, Gugu Mbatha-Raw, Sophia Di Martino e Richard E. Grant, com a direção de Kate Herron. 



Créditos


Texto: Felipe Lima

Revisão: Felipe Lima




Reviews

Previews

Artigos

Vídeos