Menu

O Oscar 2020 teve muitas surpresas na premiação com ganhadores inesperados, filmes que surpreendentemente não foram premiados e mesmo filmes que acabaram sendo lembrados apesar de não serem indicados.


Toy Story 4 ganhou o prêmio de Melhor Longa de Animação e o Melhor Curta de Animação ficou para Hair Love.

O vencedor de Melhor Curta-Metragem foi The Neighbour's Window e o de Melhor Curta Documentário foi o Learning to Skateboard in a Warzone (If You're a Girl), um retrato empoderador da situação de meninas que se atrevem a aprender a ler, escrever e andar de skate na cidade de Kabul, e o Melhor Longa Documentário ficou para Indústria Americana.

Um dos destaques da noite foi o vestido da atriz Natalie Portman que veio com os nomes de diretoras que não foram nominadas para o prêmio bordados, entre os nomes delas: Marielle Heller, Melina Matsoukas, Lulu Wang, Greta Gerwig, Lorene Scarfaria, Celine Scianna, Mati Diop e Alma Har'el. 

O longa Jojo Rabbit de Taika Waititi levou o prêmio de Melhor Roteiro Adaptado e Elton John levou o prêmio de Melhor Canção Original com Rocketman.

O longa Ford vs. Ferrari do diretor James Mangold levou os prêmios de Melhor Montagem, Melhor Edição de Som e 1917 levou o Melhor Fotografia  Mixagem de Som.

Brad Pitt levou o prêmio de Melhor Ator Coadjuvante por Era Uma Vez em Hollywood... e a atriz Laura Dern o prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante por História de Um Casamento.


A atriz René Zellweger foi premiada como Melhor Atriz pelo papel de Judy Garland na cinebiografia da atriz e eterna Dorothy. 


Coringa rendeu dois prêmios: Melhor Trilha Sonora Original para a compositora Hildur Guðnadottir, que foi a primeira mulher a ganhar esse prêmio desde o ano de 1997 e o muito esperado prêmio de Melhor Ator para Joaquin Phoenix.


E por fim, o grande vencedor da noite o filme Parasita de Bong Joon-Ho, que levou as estatuetas Melhor Roteiro Original, Melhor Filme Internacional, Melhor Diretor e Melhor Filme, se tornando o primeiro filme de língua não-americana a ganhar um prêmio de Melhor Filme.


Créditos

Texto: Felipe Lima
Revisão: Felipe Lima



'O Batman', o próximo filme da DC/Warner Bros. protagonizado pelo Cavaleiro das Trevas e que será escrito e dirigido por Matt Reeves (Planeta dos Macacos), e estrelado por Robert Pattinson (O Farol), anunciado no papel de Bruce Wayne ainda em maio de 2019 agora realmente começa a tomar forma com o primeiro vislumbre do uniforme do Batman tendo sido revelado.

O anúncio de um novo filme do Batman já havia sido feito enquanto o personagem ainda estava nas mãos do ator Ben Affleck, mas com a mudança de direção dos filmes do DCEU - Universo Estendido da DC - os planos foram mudados e esse quase reboot agora tomará uma direção diferente, sendo o que o diretor Matt Reeves descreve como "noir e mais detetivesco". 


Além de Pattinson, que recentemente se destacou em outros trabalhos cinematográficos completamente diferentes do seu sempre lembrado papel de Edward Cullen, entre eles o longa-metragem da Netflix 'O Rei' e agora o próximo filme de Christopher Nolan, 'Tenet', outros atores de peso estarão no filme. A atriz Zoë Kravitz (Os Crimes de Grindelwald e Big Little Lies) será Selina Kyle, a Mulher-Gato, o ator Collin Farrell será o vilão Pinguim, Oswald Cobblepot e o ator Paul Dano (Love & Mercy) fará o que se especula ser o vilão principal do filme, o Charada.

Também no elenco temos o ator Peter Sarsgaard, que anteriormente tinha sido pensado que iria interpretar o vilão Duas-Caras, mas na verdade terá o papel de advogado de um distrito de Gotham, Gil Coulson e a atriz Jayme Lawson, como a candidata a prefeita de Gotham Bella Réal, e o ator Jeffrey Wright (Westeworld) interpretando o papel de Comissário Gordon, e alguns rumores apontam que talvez possamos ver a personagem Barbara Gordon, a Batgirl, ainda criança no filme.

Um fato interessante da escalação do personagem Gil Coulson para o filme é que ele é um dos personagens de uma das mais icônicas histórias do Batman: Um Longo Dia das Bruxas, que conta com um mistério e a aparição de diversos vilões do passado do Cavaleiro das Trevas, além dessa história o filme deve se inspirar bastante também em Batman: Ano Um, servindo como uma história de início de carreira para Bruce Wayne, mas que também não seja uma história de origem. Também houve um rumor que esse filme se passaria na década de 90, embora isso não tenha sido nem completamente confirmado, nem completamente negado, provavelmente esse filme não deve se conectar necessária e diretamente ao DCEU. 


O uniforme que foi revelado no teste de câmera pelo diretor Matt Reeves, agora nesta quinta-feira (13), tem detalhes bem desconjuntados, parece bem menos um uniforme tático pronto e algo muito mais caseiro, algo que alguns rumores sobre o filme diziam. Outro fato importante sobre esse teste de câmera, é que muitas vezes eles só são liberados para o público quando aquele deve ser quase o produto final do filme, da mesma maneira que o visual do Coringa de Joaquin Phoenix e dos personagens de Aves de Rapina, portanto, esse já deve ser o uniforme final que será usado pelo Batman.



'O Batman' deve chegar aos cinemas em 25 de junho de 2021.

Créditos

Texto: Felipe Lima
Revisão: Felipe Lima


Aves de Rapina e a Arlequina e Sua Fabulosa Emancipação o novo filme da DC, estrelado pela Arlequina, interpretado por Margot Robbie, com as vigilantes Caçadora (Mary Elizabeth Winstead), Canário Negro (Jurnee Smolett-Bell) e a policial Renee Montoya (Rosie Perez) contra Roman Sionis, o Máscara Negra (Ewan McGregor) em uma luta na cidade de Gotham para proteger Cassandra Cain (Ella Jay Basco) e agora já podemos falar sobre as razões pelas quais esse filme pode ser um recomeço no Universo Estendido da DC!

ATENÇÃO! Este post conterá SPOILERS de 'Aves de Rapina e a Arlequina e Sua Fabulosa Emancipação', leia com cuidado!

A Emancipação da Arlequina


O foco do filme acaba ficando com a Arlequina, que inclusive é a narradora da história e isso também cria todo o tom do filme que além de enlouquecido e rápido, sendo contado de forma não-linear e como a cabeça da personagem funciona, um dos poucos porém é que com isso o filme também traz alguns tiques de "Esquadrão Suicida" como as introduções de personagens na tela (embora de uma forma muito melhor) e infelizmente em algumas sequências quando algo parece que está ficando muito bom o filme logo corta para outra cena, nada que prejudique o filme, mas obviamente feito para caber no corte.
O desenvolvimento da personagem funciona e principalmente se complementa com a chegada de Cassandra Cain, a química das duas funciona, embora pudesse durar mais um pouco no filme. Outra coisa interessante no filme é a ausência do Coringa, mesmo que ele seja mencionado diversas vezes, sem cenas adicionais de Jared Leto, nem muitos flashbacks da relação dos dois.
A atuação da Margot Robbie como sempre entrega e continua divertida, agitada, colorida e principalmente muito viva, além de ter um timing muito bom de loucura e humor que combina com suas cenas de ação e momentos mais sérios.


A Caçadora e a Canário Negro


A Canário Negro de Jurnee Smolett-Bell é com certeza um dos destaques do filme, apesar de não possuir tanto tempo de tela quanto a Arlequina. Em todas as suas cenas você consegue saber muito bem o que a personagem está pensando ou sentindo apenas pela atuação dos olhos e expressão e a sua cena de luta principal é simplesmente incrível, além disso o momento em que ela finalmente aceita os seus poderes o impacto realmente acontece.


Enquanto isso a Caçadora por mais que a sua aparição seja uma das mais curtas que todas as outras personagens das Aves de Rapina que ela possui ainda consegue se destacar com uma atuação num misto de ser badass e pouca aptidão social. Com toda certeza as personagens acabam brilhando em cima das duas outras personagens femininas, Renee Montoya e Cassandra Cain, embora as duas também tenham seus momentos de brilhar, o tempo de tela não é igual, porém todas as personagens são bem estabelecidas e você sabe muito bem quem elas são e suas ações fazem sentido.



O Máscara Negra e o Victor Zsaz



O Máscara Negra se encaixa muito bem no filme, ele é um personagem muito flamboyant e afetado, um vilão que tem nojinho de catarro e é obcecado por arte, mas que também se torna perfeitamente perigoso e ameaçador quando confrontado, especialmente quando abertamente desafiado ou não é obedecido, sua atuação não rouba a cena, mas com certeza acaba elevando a dos personagens com quem compartilha a cena, além disso sua relação com o assassino Victor Zsaz, embora nunca explícita, parece muito complementar: os dois são sádicos, violentos e funcionam bem com o tema de emancipação feminina em diversos sentidos. A minha única reclamação seria a do final dos dois personagens que poderiam muito bem voltar para serem utilizados em outros filmes futuros da DC.


As cenas de ação


Nas cenas de luta o filme consegue contemplar o físico das personagens, ele não afeta em nada mesmo quando os combatentes são muito díspares a agilidade das Aves compensa com muitos chutes altos e diversas pernas quebradas. Temos pelo menos várias sequências de ação ao longo do filme e as cenas individuais são as melhores, apesar da cena do final em que as Aves de Rapina se juntam também funcionem muito bem.



Aves de Rapina é um ótimo filme de primeira equipe de super-heroínas, fantabuloso, cheio glitter, violência e o carboidrato de um sanduíche de ovo e queijo!

Créditos

Texto: Felipe Lima
Revisão: Felipe Lima



Tivemos o segundo trailer de Aves de Rapina e vários spots e agora temos mais detalhes sobre a trama do filme que irá reunir Arlequina (Margot Robbie) com as vigilantes Caçadora (Mary Elizabeth Winstead), Canário Negro (Jurnee Smolett-Bell) e a policial Renee Montoya (Rosie Perez) contra Roman Sionis, o Máscara Negra (Ewan McGregor) em uma luta na cidade de Gotham para proteger Cassandra Cain (Ella Jay Basco) e agora já podemos imaginar as razões pelas quais esse filme pode ser um recomeço no Universo Estendido da DC!

O foco na Arlequina e o humor enlouquecido!



Como já se imaginava antes e até pelo título do filme o foco será todo na personagem da Arlequina, porém isso pode ser na verdade bastante bom para o filme. A personagem estará nesse momento, como foi revelado nos trailers, terminando sua relação com o Coringa e deve servir como a narradora do filme, então esperamos não somente um crescimento da própria personagem se tornando mais independente e se emancipando e ao se tornar a narradora do filme dará sua própria visão dos acontecimentos, e sabendo como é a Arlequina, com toda certeza será uma loucura!

As cenas de ação


O diretor de John Wick (sim, esse John Wick!) Chad Stahelsi contribuiu recentemente para o filme como diretor de segunda unidade nas cenas de ação do filme. A diretora principal, Cathy Yan, que é uma novata com produções de grande escala, sendo a diretora do filme indie Dead Pigs, afirmou que agradeceu muito a contribuição de Stahelsi com as cenas de ação. 

E pelo o que pudemos ver pelos trailers teremos muitas cenas de ação. No filme teremos primeiro Canário Negro, que será uma cantora no clube do Máscara Negra e que não levará desaforos para casa e a Caçadora, Helena Bertinelli, uma filha de um mafioso que teve seus pais mortos e agora se tornou uma vigilante, procurando satisfazer sua vingança e as duas cruzarão os caminhos com Arlequina de algum modo durante o filme.

Além disso temos o assassino e psicopata Victor Zsaz, um dos vilões do Batman e que será um capanga do Máscara Negra e irá perseguir as futuras Aves de Rapina, portanto, teremos cenas de perseguição, de lutas, fugas e ainda teremos um clímax num parque de diversões abandonado.

A origem das Aves de Rapina



Esse filme servirá como a origem do grupo Aves de Rapina, enquanto que nos quadrinhos temos outras circunstâncias nas quais essas heroínas se unem para combater o crime em Gotham, aqui teremos uma nova origem para as Aves de Rapina. E sim, teremos os uniformes, embora isso esteja sendo meio que mantido em segredo já pudemos dar uma olhada em como serão os trajes de heroínas da Canário Negro e da Caçadora, além claro da máscara do icônico Máscara Negra...


Por fim tudo o que podemos fazer agora é esperar pela estreia de Aves de Rapina agora em 6 de fevereiro nos cinemas!



Créditos

Texto: Felipe Lima
Revisão: Felipe Lima


Nesse domingo (02) a Marvel liberou um TV Spot com mais das suas novidades que irão estrear no Disney Plus e entre elas tivemos alguns trechos da série Falcão e o Soldado Invernal.

A série será protagonizada por Sam Wilson, o Falcão (Anthony Mackie) e Bucky Barnes, o Soldado Invernal (Sebastian Stan) que segundo a sinopse liberada "entrarão numa aventura de escala global que irá testar suas habilidades e sua paciência".


O teaser começa com Wilson treinando o lançamento do escudo que o velho Capitão América lhe ofereceu no final de Vingadores: Ultimato, numa cena que lembra vagamente aquela do próprio Steve cortando lenha em Era de Ultron.


Depois temos uma cena rápida do Bucky e o Sam em seus trajes de civil em algum tipo de instalação de paredes brancas, talvez um hospital? Ou talvez algum prédio que pertença aos militares?


E uma cena do próprio Bucky sendo muito sexy e apontando uma arma na cara do terrorista Zemo, depois deixando um monte de balas cair de sua mão metálica, talvez depois de ter quebrado um revólver com sua própria mão?

O retorno do Barão Zemo e a Agente 13


Na série teremos a aparição do Barão Helmut Zemo, novamente interpretado pelo ator Danil Brühl, e que dessa vez usará sua icônica máscara roxa das HQs e que em Guerra Civil causou a separação do grupo dos Vingadores. 


Também teremos o retorno da Agente 13, a Sharon Carter (Emily VanCamp) ex-agente da S.H.I.E.L.D. e sobrinha da Peggy Carter e que esteve foragida desde o final de Guerra Civil, provavelmente na série descobriremos o que ela esteve fazendo durante todo esse tempo e ela irá se aliar com o Falcão e o Soldado para descobrir qual o novo plano de Zemo.

Um novo Capitão América?


Teremos ainda a aparição de John Walker, o Agente América ou o Super-Patriota, um personagem que originalmente era um vilão nas HQs encorporando algo oposto ao Capitão América, um patriotismo exagerado. Na série ele será interpretado pelo ator Wyatt Russell, que aparece no teaser sendo apresentado ao público na cena mais patriótica americana possível: um jogo de futebol americano.


E já tivemos o eu traje revelado em algumas fotos de set das filmagens da série que foram reveladas anteriormente. Agora porque será que temos um substituto novo para o Capitão América sendo que no final de Ultimato o velho Steve Rogers havia passado seu escudo para o Falcão? Será que a série fará um comentário sobre como o governo acredita que os estado-unidenses não estão preparados para terem um Capitão América negro? Essa temática pode vir uma vez que o roteirista Derek Kolstad disse que isso seria abordado na série.


A primeira temporada de O Falcão e o Soldado Invernal terá seis episódios que serão lançados semanalmente e segundo o site Deadline, deve ter sua estreia em torno de agosto desse ano na plataforma de streaming do Disney Plus. E então você está ansioso para essa série?



Créditos

Texto: Felipe Lima
Revisão: Felipe Lima


Neste domingo (02), a Marvel liberou um TV Spot, uma pequena prévia dos seus próximos projetos em série e que devem dar continuidade ao MCU estreando na plataforma de streaming Disney Plus e um dos destaques foi Wanda Vision, a série que será protagonizada por Wanda Maximoff (Elizabeth Olsen), a Feiticeira Escarlate e o Visão (Paul Bettany) que teve suas primeiras cenas reveladas.


Wanda Vision irá focar em Wanda e o Visão e como a sinopse oficial divulgada confirma "irá misturar o estilo clássico de sitcoms com o Universo Cinematográfico da Marvel" trazendo o dia a dia de uma vida suburbana de dois seres super-poderosos. 

Nas cenas que pudemos ver no vídeo liberado tivemos diversas referências à séries sitcom americanas de diferentes décadas como The Dick Van Dyke Show, The Brady Bunch (A Família Sol-Lá Si-Dó, aqui no Brasil), Full House (Três é Demais) e etc. com cenas totalmente em preto e branco ou textura de televisões em tubo e naqueles cenários falsos de casas das séries sitcoms. Todas essas sitcoms apresentam um modelo de "vida normal" de "famílias comuns" de suas respectivas décadas, elas também são séries conhecidas e amadas pelo público em geral, então faria todo sentido que uma garota criada num apartamento de um país pobre das regiões Balcãs como Sokóvia conheceria essas séries de reprises na TV e usaria elas como um mecanismo de lidar com a morte do Visão. Afinal que outra  melhor representação de família ideal e normal que as de séries sitcoms americanas?


Mas não apenas isso esse teaser também revelou vários detalhes da trama em si. Primeiro que temos um momento bem rápido em que podemos ver a Wanda com uma barriga de grávida e em outro momento podemos ver uma cena na qual ela está no meio de uma sala com dois berços onde os bebês estão fazendo suas chupetas flutuarem no ar. 


Isso parece ser uma referência direta aos dois filhos da Feiticeira Escarlate nas HQs: o Wiccano e o Célere, que nasceram da imaginação de Wanda e se tornaram reais com a ajuda dos poderes malignos do demônio Mefisto, entretanto em determinado momento a Feiticeira quando descobre que os dois não são reais acaba sofrendo e ficando devastada. 
Eles também são dois membros dos Jovens Vingadores e o Wiccano é um dos mais famosos personagens LGBT+ atualmente na Marvel, sendo um super-herói gay. 

Nesse momento da vida de Wanda nas HQs também temos a presença de uma personagem que deve fazer uma aparição na série, Agatha Harkness, uma bruxa que sobreviveu aos Julgamentos de Salém e que tem sua própria agência nos quadrinhos. Talvez ela seja a grande vilã da série, oferecendo para Wanda a chance de viver uma vida normal com o Visão sem perceber que na verdade está vivendo uma armadilha...


E nessa série sabemos que ainda teremos a participação de Monica Rambeau, a filha de Maria Rambeau de Capitã Marvel, que será interpretada agora adulta pela atriz Teyonah Parris e de agentes da S.W.O.R.D. uma agência secreta parecida com a S.H.I.E.L.D. de controle de ameaças extraterrestres e sobrenaturais em escala mundial. 


E por fim temos a aparição de Wanda vestida com seu traje original dos quadrinhos, contudo, mais como uma fantasia o que pode indicar que esse será o "episódio de Halloween" da série!

Com todas essas novidades só podemos esperar o melhor dessa série. Wanda Vision ainda não tem uma data de estreia confirmada no Disney Plus, mas irá debutar ainda esse ano.


Créditos

Texto: Felipe Lima
Revisão: Felipe Lima


Em 29 de janeiro se comemora o Dia da Visibilidade Trans aqui no Brasil, um dia marcado para lembrar dessa parte das pessoas que também compõem a sigla LGBTQIA+ e sua uta por visibilidade e direitos e para celebrar essa data reunimos diversos personagens das HQs que são super-heróis e que também são pessoas trans. Apenas fazendo um adendo aqui que nesse texto estão incluídos pessoas trans, ou seja qualquer pessoa que não se identifica com o gênero que lhe foi atribuído, incluindo  trans não-binários.
Então vamos lá: 


Sera, a Valkíria

Sera é uma Anchorite, um pequeno grupo de anjos masculinos sem asas que foram mantidos dentro de um templo no Décimo Reino e fez sua primeira aparição nas HQs de Angela, uma meia-irmã de Thor. Ela foi a única deles que se identificava como uma mulher e depois de ajudar Angela a matar uma criatura que vivia em seu templo fugiu com ela e se tornou sua amante.

Ela também possui um anel mágico que permite que ela use o corpo de Malekith (sim, o vilão de Thor: Mundo Sombrio) enquanto está no mundo mortal. Dizem os rumores que ela seria a personagem trans que algumas fontes disseram que será apresentada futuramente nos filmes da Marvel e talvez em Thor: Amor e Trovão...

Xavin


Xavin faz parte do grupo dos Fugitivos e é da raça Skrull, tendo a habilidade natural de mudar a vontade de forma podendo assumir uma forma masculina e feminina. Xavin veio à Terra por causa de uma complicada promessa dos pais de uma membro do grupo, Karolina Dean, que teve sua mão prometida para Xavin para evitar um conflito.
Karolina Dean que é lésbica e teve seus sentimentos românticos rejeitados por outra membro do grupo, Nico Minoru, então à pedido de Karolina, Xavin tomou uma forma feminina e humana.
Por diversas vezes nas HQs algumas pessoas questionam Xavin sobre a identidade do seu gênero e Xavin explica que para todos os Skrulls "mudar de gênero não é diferente de mudar a cor do cabelo", implicando que a identidade de gênero dos Skrulls é completamente fluída. Dentre os seus poderes estão a invisibilidade, a manipulação de fogo, a projeção de campos de força e a habilidade de voar.

Dreamer


Nia Nal é uma super heroína que tem sua primeira aparição na série Supergirl e tendo como base uma personagem antiga da DC, Nura Nal, a Garota Sonhadora. Nia tem ancestralidade alienígena Naltoriana que lhe dá a habilidade de precognição que se manifesta em sonhos proféticos. Ela começa a série como uma repórter da CatCo, trabalhando com Kara Denvers e ao descobrir os seus poderes eventualmente resolve ajudar a Supergirl, além de na quarta temporada começar um romance com Brainiac-5.

Loki



Acredite ou não, mas sim, Loki é um personagem trans não-binário nas HQs. O deus das mentiras recentemente nos quadrinhos teve um momento junto dos Jovens Vingadores, depois de assumir uma forma adolescente, em que ele revelou que a visão do gênero é bem diferente para todos os asgardianos, e além disso ele passou um bom tempo na forma de Lady Loki, algo compatível com sua personalidade da mitologia nórdica, na qual Loki tem a habilidade de mudar de forma, gênero e etc.

Uma noção frequente das pessoas é de que a fluidez de gênero tem que ser relacionada à expressão de gênero (o modo como as pessoas agem, se vestem e etc.), contudo, um dos roteiristas das HQs, Al Ewing, confirmou que Loki é uma pessoa trans gênero fluído e mesmo em uma das edições do arco Pecado Original, o deus Odin se refere a seus filhos como "meu filho, minha filha e minha criança que é os dois", se referindo ao Loki.


Então por enquanto esses são alguns personagens trans das HQs, tanto da Marvel, quando da DC para esse Dia da Visibilidade Trans!


Créditos

Texto: Felipe Lima
Revisão: Felipe Lima

Reviews

Previews

Artigos

Vídeos