Menu
» » » » O que estou achando de Resident Evil: Revelations 2


Juninho Lima 16.9.14


Após o anúncio de Resident Evil: Revelations 2, os fãs da série, não querem saber de outra coisa. Nem o relançamento do remake do primeiro jogo, que está sendo remasterizado e chega no ano que vem para a antiga e nova geração de consoles, e muito menos, The Evil Witthin, jogo do criador de Resident Evil, que será lançado no mês que vem pela Bethesda, desviam a atenção do público, que só quer saber da volta de Claire Redfield e do Survival Horror, no título que chegará no ano que vem às lojas, para PlayStation 3, PlayStation 4, Xbox 360, Xbox One e PC.

E é nesse clima, que venho escrever, de forma bem irreverente e descontraída, as minhas conclusões do que foi mostrado até agora. Vamos ao que interessa!

A CLAIRE VOLTOU, MINHA GENTE!!!


CARA, EU SABIA!!! No ano passado, elaborei um artigo de especulações à respeito da volta de Claire à franquia e a possibilidade de um segundo Revelations. E de forma inesperada, alguns dos meus palpites estavam certos. Cliquem aqui para ler. A volta da ruivinha mais amada da série, foi algo obrigatório, pelo menos pra mim, já que Ela não tá morta, inferno! parem de falar que o filme em CG, Degeneration, trouxe um fim para a personagem. Tá, ela achou o irmão dela, e entrou pra uma ONG. Mas ela não morreu e pode voltar a hora que a história dela se encaixar em qualquer contexto (o que não é difícil). Falar que a volta dela aconteceu somente por causa dos fãs, é mimimi imaturo, e mesmo que fosse isso, quem compra os jogos? Sim, os fãs! Então, é óbvio que a CAPCOM precisa fazer o que os fãs querem, afinal, o dinheiro que um jogo arrecada, vem principalmente dos fãs. Então parem!!! a personagem não aparece há muito tempo, e sua volta se fazia necessária.

Tá, é clichê colocar a Claire sendo arrastada para o perigo de novo. Mas e daí? O Chris sumiu umas mil vezes e ninguém nunca reclamou! E outra... Ao que parece a Claire não ficou quietinha nesse tempo que ela ficou fora, e a se julgar pela personalidade dela, construída ao longo desses anos, era de se esperar que, uma hora ou outra, ela se metesse em encrenca. E ela é a menos preparada de toda a equipe dos veteranos. Não é difícil sentir empatia por gente como a gente.

O rosto dela tá estranho MESMO, e podem vir de mimimi pra cima de mim, mas PORRA CAPCOM! QUAL A DIFICULDADE DE NÃO ESTRAGAR A FUÇA DE UMA PERSONAGEM?! não é difícil manter a beleza de uma personagem. Claro, ainda é a Claire, mas o nariz, principalmente, me incomoda MUUUUITO! Deletando o rosto, o resto me agradou demais. Temos uma Claire madura, que envelheceu bem... A equipe de desenvolvimento se preocupou em mostrar isso, dá pra ver.

E essa menina aí?!


Finalmente trouxeram uma personagem que pode justificar o Survival Horror. Já tava cansado de personagens "bad-ass". Tá, eu amo a Jill, Chris, Leon, Ada e Claire. Mas a série tá saturada, minha gente. Precisamos de rostos novos, e despreparados (e exxcluam Piers, Sherry e Jake desse grupo). Já me identifiquei com ela, e espero que ela tenha uma personalidade forte e transmita empatia, que é o que tá faltando, né? Sobre o design: esse clichê de "adolescente-rockeira-rebelde" já tá blasé e passado, hein CAPCOM? Mas de resto, ela é bem bonitinha e tem tudo para se estabelecer na franquia e ser alguém considerável (algo que faltou em Sheva, Helena e Parker). E ao mesmo tempo, temos outro desejo dos fãs atendido: a volta de Barry. Tá, nada sobre ele aparecer no jogo foi dito, ATÉ O MOMENTO mas mesmo que ele nem chegue a aparecer, pra mim, é uma forma de dar notícias aos fãs do personagem, de que ele ainda existe, tá bem, e tudo mais. Mas vamos aguardar. Não duvido nada, levando em consideração que o primeiro REvelations trazia capítulos protagonizados por outros personagens coadjuvantes, com linha do tempo paralela, ou simultânea, que iremos jogar com Barry em capítulos focados em resgatar sua filha e Claire da cilada em que se meteram. Estou confiante em apostar nisso.

Até agora, não vi a Moira atirando em nenhum inimigo, o que me preocupa. Até porque vai ser um pé no saco bem desinteressante uma personagem que serve apenas de suporte, como iluminação e administração de itens de cura. Ainda é cedo para falar qualquer coisa, mas já fica aí meu "mimimi" caso isso aconteça. Ou pode ser que seja legal, dependendo de como isso será executado.

O Survival Horror também está de volta?!


Pelos que foi mostrado nos trailers, imagens, cenários e tudo mais, é, parece que ele voltou. Mas só parece! Desculpem, amiguinhos, mas pra mim, a CAPCOM não tem crédito algum pra falar do que ela mesma está fazendo. Vide RE6 e todo material de divulgação. Todo aquele alarde de "a campanha do Leon é focada no Survival Horror, assim como a de Ada Wong, que traz os estilo antigo da franquia para os fãs saudosistas" - MY ASS! Só acredito vendo!!! E fico triste por isso, já que, Resident Evil é minha franquia favorita e eu adoraria (mesmo) ficar só ansioso e confiante de que vem coisa boa por aí, mas infelizmente, as últimas "escorregadas" da CAPCOM, só me fazem ficar apreensivo. Mas apesar disso tudo, gosto de pensar que o primeiro REvelations não foi tão ruim assim, e se a mesma equipe está trabalhando no segundo título da sub-franquia, pode vir algo ainda melhor.

O clima do título e alguns cenários, me fazem lembrar de The Evil Within, o novo "bebê" do Shinji Mikami. Mas talvez seja apenas impressões equivocadas e eu espero que sim.

Afinal, o que são os Afflicted?! Eu ainda não entendi


Só eu me lembrei dos corredores de The Last of Us? Eles passam uma sensação de opressão absurda, e é o que eu espero. Eles são rápidos e brutais, estávamos precisando disso, até porque, se a jogabilidade é mais "solta", os inimigos devem ser mais "soltos" ainda. Ainda não deu pra saber muito bem sobre eles, mas quero que eles sejam ainda mais bizarros e agonizantes que os Oozes, que são inimigos que passam um estranheza que Majini, "neo" zumbins e J'avos nenhum transmitiram, apesar de serem um pouco desinteressantes. Estou ansioso para saber qual é o vírus da vez e seus efeitos, construção e tudo mais. Sinto saudade das motivações científicas e biológicas que antigamente, faziam parte da série.

Enredo interessante mas já estivemos em uma prisão antes


Não dá pra falar muito, né partners? Minhas expectativas giram envolta da complexidade que ele será apresentado. Sinto falta de uma história que faça o jogador refletir e que se encaixe no terror, fazendo com que a cada porta aberta, ou capítulo terminado, o jogador fique apreensivo com o que virá à seguir, e que dê aquela "fome" de solucionar os mistérios que contornam a trama.

Quero que as "Revelations" da vez, sejam bombásticas e de cair o c* da bunda! É sério... Quero ver pontas soltas sendo fechadas e um enredo com importância no cânon da franquia. É chato esperar por isso, até porquê, a CAPCOM é medrosa e dá pra ver que ela está fugindo de continuar a história principal que envolve os capítulos numerados, e não é pra menos, já que a cagada em RE 6 foi grande!

Notaram que esse novo título traz algumas homenagens à CODE: Veronica? É de se esperar que, assim como REvelations homenageia o primeiro Resident Evil, REvelations 2 homenageasse algum antigo título aclamado da série. E isso é muito bacana! CODE: Veronica é um jogasso e se o mesmo clima utilizado nele, compusesse o clima de REvelations 2, já o faria um jogo bacana.

REvelations teve inspirações em "A Divina Comédia" de Dante Alighieri, e ao que parece, o título será inspirado em citações do filósofo Franz Kafka, o que eu acho o máximo! Isso traz um charme e uma construção interessante pro jogo.

Previously on Resident Evil Revelations TWO!


O enredo fragmentado visto no título anterior, estarão de volta em REvelations 2! E gente, eu amei ter a sensação de estar "jogando" uma série de TV. Esse formato com que os capítulos se iniciam, de certa forma, trazem uma personalidade para a sub-franquia que consegue se sustentar muito bem, e que trazem a sensação de ser algo bem diferente dos títulos numerados.

A informação de que o jogo seria lançado por capítulos semanais por meios digitais, trouxe aquele mimimi generalizado nas redes sociais, e particularmente, eu gostei. É uma tendência do mercado, que sendo boa ou não, faz sucesso. O lance de ficar curioso e ansioso pelo próximo capítulo vai ajudar nas vendas, apesar de que em nosso país a compra em serviços como a PSN, por exemplo, são um problema. E quem tá reclamando, é porque não tem consoles modernos, ou não podem comprar. FALO MESMO!

A CAPCOM tá mal das pernas, gente. Imagina só a grana que ela gastaria lançando o jogo em mídia física. Comercialmente falando, é uma boa jogada aproveitar as vendas do título em mídia digital para investir no lançamento da mídia física.

Jogabilidade


A jogabilidade do título traz novidades, e pelo que foi demonstrado no trailer, é uma mistura da jogabilidade do primeiro REvelations, com a jogabilidade moderna até demais vista em RE6, com ataques físicos e tudo mais. Eu espero que a junção disso tudo traga algo harmonioso para o jogo, que é essencial para que tenhamos medo dos inimigos. Afinal, de que adianta uma jogabilidade em que podemos correr, se jogar, rolar e bater, se os inimigos são fracos e consequentemente, não apresentam um desafio e opressão ao jogador?

As pulseiras serão cruciais na jogabilidade, o que não é difícil de se imaginar que elas funcionarão como "barra de energia" do personagem, trazendo informações do status, como "fine" (verde), "caution" (amarelo ou laranja, dependendo da gravidade) e "danger" (vermelho). Isso é bem legal e inovador. Se encaixa bem em Resident Evil, e é interessante. Pontos para a CAPCOM, pela "criatividade".

Ao que parece, quando jogado single-player, o jogador poderá alternar entre Claire e Moira. Já vimos isso em RE0, lembram? Dependendo de como isso funcionará, poderá ser interessante, mas espero que não se torne algo chato que não se encaixe em um jogo de terror.

O MAL TÁ DE OLHO ESTÁ ASSISTINDO/OBSERVANDO/SEI LÁ!


As duas garotas são sequestradas para uma ilha de segurança máxima abandonada, enquanto isso, estão sendo monitoradas por um vilão demente que está testando as moças. Tá, pera aí... Espero de verdade que isso tudo se encaixe muito bem no enredo, porque isso tá estranho...

Se repararem, no teaser, as pulseiras parecem ser o medidor de infecção, e no trailer, os soldados que aparecem,  injetam algo em Claire e Moira. Elas estão infectadas? Parece que sim... E considerando a pulseira como a exibição do status do personagem, é de imaginar que as cores apresentadas no acessório, medem o nível de infecção. Que F*D#!!!

Vi gente falando por aí que a mente insana responsável por jogar com as garotas, pode ser Steve ou Alex Wesker. Só uma perguntinha: PORQUÊ ELES FARIAM ISSO? Pra mim é óbvio que a vilania da vez, está ligada à Terra Save. E se pensarem bem, a sub-franquia REvelations parece ser responsável por apresentar enredos onde a podridão que acontece nos bastidores de empresas que atuam contra o bio-terrorismo. Acho que vai ser legal saber mais, e ver que a Terra Save não é simplesmente uma ONG de apoio às vítimas de ataques bio-terroristas. E que, como toda empresa, tem integrantes mal intencionados.

As duas são observadas o tempo todo por câmeras, dando a impressão de que a pessoa que está atrás da tela assistindo, pode ou não estar nessa mesma ilha. É clichê, mas eu aposto que, mais uma vez, algum figurão por trás da Terra Save é o tirano do game. Tá, eu queria sim ver alguns vilões antigos retornando, mas não acho que vai ser dessa vez. A Capcom não é ousada, e isso ela provou nos últimos anos. O papo da volta do Steve, não deve se encaixar aqui, e pra mim, isso é papo pra algum artigo de especulações que vamos fazer em breve....

Expectativa

Um conselho para todos os fãs de Resident Evil: NÃO ESPEREM NADA!

É triste? É! Mas é tudo culpa dos últimos lançamentos. Eu sei como a volta de uma personagem querida e a possível volta do Survival Horror são empolgantes, mas para se prevenir de possíveis decepções, é melhor não ficar esperando por coisas grandes, assim, se o jogo realmente for bom e cumprir o que foi dito, todos ficaremos satisfeitos, certo? Vamos somente esperar para jogar e tirar conclusões precisas.

O dever de todos nós, como fãs da franquia, é torcer para a franquia se reerguer, e colocar a CAPCOM no seu lugar ao Sol novamente, caso contrário, tá na hora de um reboot podem me socar agora.

Não esqueçam de deixar suas opiniões nos comentários sem me xingar, rs, suas expectativas e tudo mais. E para ficar por dentro do que acontece no Co-op Geeks, curtam nossa Página no Facebook e nos siga no Twitter.

Texto: Juninho Lima
Revisão: Steven L. Andrade
Imagens: Juninho Lima

O artigo não reflete a opinião do site Co-op Geeks, e sim do autor do texto.

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga