Menu
» » » » O que esperamos de The Order: 1886


Bruno Bolner 14.2.15


The Order: 1886 causou burburinho quando foi anunciado durante a E3 2013, com um trailer incrível. Contudo, por um longo período, não se falava mais a respeito. Durante a E3 2014, o jogo se mostrou bastante avançado e com um visual muito bonito, sendo considerado o mais bonito dos games anunciados para PS4

Voltando aos holofotes novamente, devido ao seu lançamento no próximo dia 20 de Fevereiro, o game promete ser um shooter steampunk de qualidade. É hora de saber o que tal game pode trazer de novo para o mercado gamer.

Onde “A Ordem” se inicia


Produzido inteiramente pelo estúdio Ready at Dawn, The Order: 1886 se passa em uma Londres reinventada do século XIX, onde o jogo nos apresenta "A Ordem", um grupo de cavaleiros de elite que utilizam armas avançadas para lutar em uma guerra contra os rebeldes e um antigo e perigoso inimigo, determinando, assim, o rumo da história.

Controlando Gallahad, um dos Cavaleiros da Ordem mais experientes, será possível visitar a Era Vitoriana, vivenciando acontecimentos reais da história, mesclando elementos fictícios baseados em algumas lendas e mitos, enquanto lutamos para manter a paz e a ordem da civilização. 

Calma... Não são cavaleiros quaisquer, e sim Cavaleiros da Távola Redonda, famosos por ter como líder o Rei Arthur. The Order vai explorar muito a parte histórica do século em questão, ou seja, você perdeu algum detalhe na aula de História no colégio, você o verá em algumas partes no game... Acostume-se.

A parte da ficção fica nesse meio, quando alguns humanos começam a sofrer mutações genéticas causado por alguma substancia ainda desconhecida, intitulada “Água Negra”, os transformando em seres iguais a lobisomens e outras criaturas estranhas. Se você assistiu o filme "Van Helsing: O Caçador de Monstros", vai saber o que te espera. Confira um dos trailers do game:


O que o game mostrou até agora?

Lobisomens, tensão e ação estarão em The Order: 1886.
Os gráficos do jogo estão muito bonitos, bem polidos, e aparentam qualidade de um filme em computação gráfica. A grande evolução do hardware dos consoles da nova geração, permitem que o trabalho com os gráficos seja de maior qualidade, tornando-se um dos pontos-forte dos grandes jogos da nova geração. 

Os cenários estão muito realistas; pelo menos, é o que dá para ver nos vídeos divulgados. A profundidade, sombras e a realidade que é transmitida estão incríveis. A luz, ou a falta dela, somada à trilha sonora apresentada até então, se complementam criando um clima mais tenso e sombrio. 

Por mais que o game seja uma mistura de aventura e ação, esperamos ver inspirações no horror, principalmente com cenários escuros, boas jogadas com a trilha sonora e surpresas onde menos esperávamos. Levar alguns sustos e sentir um pouco de tensão nunca é demais, e o game trará alguns momentos tensos, aparentemente. Então podem se preparar, pois o game trará alguns sustos sim!

A interação com o jogador e as transições com cenas em CG, se dará sem telas de loadings ou travamentos, dando maior imersão ao jogo, algo nos moldes de The Last of Us

Belos gráficos não faltarão no game; a própria produtora fez questão de "esfregar" isso na cara dos jogadores (haha).
O exclusivo da Sony vem fazendo bonito, com gráficos de qualidade, porém, como é um jogo anunciado há mais tempo, temos chance de encontrar gráficos não tão realistas como os que esperamos de títulos a pouco anunciados, por mais que o game rode a 30 fps e a 1080p. Torcemos para que o game ganhe um cuidado especial e consiga cumprir este quesito.

Já a trilha do game parece estar bem elaborada. As músicas no fundo dos gameplays e e os sons dos elementos estão em perfeita sincronia. Explosões e tiros ganham destaque aos demais barulhos do cenário. A voz dos personagens também fica com volume abaixo do barulho das explosões, criando uma boa sensação de profundidade sonora.

A quantidade de inimigos apresentados até agora parece pouca. Haverão os rebeldes, que se revoltaram contra a Ordem e ao que ela representa. Mas como se trata de pessoas, esse inimigo não aparenta ser tão difícil, o que pode torna-los mais como uma distração, para preencher lacunas até pontos chave do jogo, e não como um problema maior. 

Esperamos que exista inteligência artificial nesses inimigos e não sejam simples peças para infernizar a vida do jogador. Inimigos que prometem quebrar a cabeça do jogador são os "Half-breeds", criaturas da noite parecidas com lobisomens. São inimigos antigos da humanidade e crescem em número de forma descontrolada. Nos trailers divulgados, podemos ver que serão difíceis de se abater, mostrando-se criaturas fortes e inteligentes. Torcemos para que não sejam apenas mais um inimigo do jogo e que não sejam “mais do mesmo” ao longo da jogatina.

Uma Londres bem detalhada e cheia de perigos, espera por você.
A variedade de armas e suas possibilidades de incrementos estão presentes na maioria e nos melhores jogos de ação. Com um estilo misturando ação, shooter e até mesmo alguns elementos de terror, The Order: 1886 promete muitas possibilidades de armamentos e variadas melhorias. A desenvolvedora já mostrou algumas armas sendo empunhadas, dos mais diversos tipos, modelos e tamanhos. O arsenal deverá ter direito a pistolas estilizadas e lançadores de bombas, todas com um estilo único e que funcionará melhor para finalidades específicas. Por mais que o jogo retrate uma época do século XIX, as armas serão futuristas, com tecnologia de ponta. Se você não está se aguentando, assista um pouco do gameplay do título:


As novidades ficam mais por conta do enredo em si, que mistura fatos históricos, como o inicio da Revolução Industrial, mostrando a evolução da economia e utensílios tecnológicos, que alguns poderão ser usados durante o game, como maquinas voadoras, comunicações sem fio e algumas armas. A grande novidade vez mais por parte da jogabilidade, que será o acréscimo do sistema slowmotion em batalha, ou seja, assim que a batalha apertar e/ou quando será preciso uma precisão e eficácia no ataque, a opção de colocar o gameplay em slowmotion será habilitada.

O que os sites especializados estão dizendo sobre “A Ordem” ?


Em um modo geral, os sites que dizem algo sobre The Order: 1886 só esperam uma coisa do game: que ele realmente atenda as expectativas de todos que ficaram empolgados com todos os gameplays e trailers lançados até então, com os gráficos limpos e enredo impecável.

E é exatamente o que esperamos também. Assim que colocarmos a mão nessa belezinha, diremos o que achamos do game.

E então, o que esperar de The Order: 1886?


Com o game já “em ouro” - ou seja - já finalizado e em processo de fabricação, The Order: 1886 tem de tudo para se tornar o game mais importante lançado para a nova geração dos consoles, tornando a experiência no PlayStation 4 ainda mais completa e dinâmica, utilizando tudo aquilo que o console oferece. 

Com toda a euforia dos jogadores desde o anuncio de tal game na E3 2014, The Order: 1886 será recebido de braços abertos pelo público, sem dúvida.

Exclusivo para PlayStation 4, o game será lançado dia 20 de fevereiro.

Hypômetro


Enredo: 9
Jogabilidade: 7
Gráficos: 9
Criatividade: 9
Personagens: 7
Inimigos: 8
Diversão: 8
Soundtracks: 8

HYPE: 9,0

Ficha Técnica

Título: The Order 1886
Ano de Lançamento: 2015

Créditos
Escrito por: Bruno Bolner
Colaboração: Paloma Cristini
Revisão e Imagens: Juninho Lima

O texto não reflete a opinião do Co-op Geeks, e sim do autor do artigo.

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga