Menu
» » » » A história complementar dos episódios extras de RE: Revelations 2


Vitor Oliveira 26.3.15


Atenção: o texto a seguir pode conter spoilers

O lançamento do 4º e último episódio de Resident Evil: Revelations 2, que ocorreu há na semana passada (17 de Março), deu início a uma onda de críticas positivas ao jogo completo. O game, que já é sucesso no mundo todo, marca uma grande mudança nos rumos que a série havia tomado em 2005, com o lançamento de Resident Evil 4 – mas, calma, pois isso está mais relacionado ao enredo do que aos aspectos técnicos.

Mas o que muita gente vem comentando são as inúmeras referências aos títulos clássicos, mostradas ao logo do gameplay. O próprio início da campanha Claire é uma referência evidente ao Resident Evil: Code Veronica, mas não para por aí: os objetivos e recompensas lá do Resident Evil Remake – como completar o jogo em menos de 3 horas, ou no modo invisível, ou apenas com a faca – também aparecem por aqui. 

Com o lançamento da versão completa do game, dois capítulos extras foram disponibilizados: The Struggle (O Conflito), cuja protagonista é Moira, e Little Miss (Mocinha), onde o jogador controla Natalia e um misterioso “clone” dela. Quem é fã de Resident Evil 4, com certeza sentirá um pouco de nostalgia ao encarar os desafios dos capítulos extras, e o motivo é simples: assim como o Separate Ways e Assignment Ada, as campanhas de The Struggle e Little Miss trazem consigo uma carga adicional de informações, fazendo, inclusive, com que o jogador veja a história da campanha principal com outros olhos. Logo abaixo, você pode conferir um resumo bem dinâmico de ambos episódios, com enfoque no enredo e em aspectos técnicos. Boa leitura!

O Conflito: lutando pela sobrevivência e superando traumas


Se você ficou se perguntando como pôde a Moira ter sobrevivido por todo esse tempo na perigosa ilha e ainda ter aprendido a lidar com seu trauma de armas de fogo, não se preocupe, pois O Conflito trata de responder tais dúvidas. Ao longo de quatro pequenas missões, Moira enfrenta aventuras e perigos ao lado de Evgeny Rabic, um senhor rude, mas de bom coração, e que a salvou dos escombros após Claire tomar a difícil decisão de deixar a ilha sem sua parceira. Como “dois bicudos não se beijam”, é lógico que as personalidades de Moira e Evgeny entrariam em conflito em algum momento...

O capítulo, narrado pela própria Moira Burton, começa com a personagem acordando em um pequeno quarto, na presença de Evgeny – que, inclusive, faz uma pequena aparição no terceiro episódio da campanha principal. Logo tem início a primeira missão, na qual, lutando pela sobrevivência, ambos os personagens devem caçar a própria comida e atravessar a serralharia, e é aí que a jovem Moira se vê obrigada a lidar com seu trauma de armas. O elemento da “caça”, presente em jogos como Far Cry, torna-se de grande necessidade, principalmente para aqueles que ainda não se familiarizaram com o estilo da campanha, uma vez que cada animal morto – aranhas, cobras, coelhos e ratos – libera um pedaço de carne, que têm a função semelhante aos clássicos “Continue”, ou seja, se o suprimento acaba e algum personagem morre, a sessão é encerrada automaticamente.

Moira precisa caçar a própria comida - tais rações são os "continues" do extra.
Já a segunda missão tem seu grande foco na ação: após tentar – sem sucesso – fugir da ilha, Moira acaba, acidentalmente, levando um grande número de monstros para próximo do abrigo de Evgeny, que, por sua vez, não fica nada feliz. Agora, os dois deverão trabalhar em conjunto para se livrarem de mais uma ameaça, e a regra é clara: mate todas as criaturas e não morra. Simples, não é?

A missão de número três se passa em média seis meses após os acontecimentos anteriores. Moira relata a chegada de um novo tipo de inimigo, os já conhecidos Revenants, além de comentar sobre a queda da torre – provavelmente quando Alex retornou à vida e descobriu que estava deformada. Evgeny, que a partir daqui passa a ganhar mais espaço, torna-se motivo de preocupação para Moira após apresentar tosses. Mesmo assim, os já amigos continuam a caçada por alimentos, dessa vez, utilizando apenas ataques furtivos e fugindo dos inimigos.

O fim da jornada de O Conflito se aproxima e, após encontrar uma lista de ‘cobaias’ que seriam utilizadas pela Alex em suas experiências, Evgeny sai em busca de um dos nomes, a sua filha Irina, que, até então, encontrava-se desaparecida. A mineradora é o palco da quarta e última missão, e, depois de enfrentar hordas de inimigos, Evgeny acaba descobrindo, com a ajuda de Moira, que sua amada filha havia morrido e, antes disso, deixado uma carta com suas últimas palavras.


Com um desfecho trágico, porém emocionante, O Conflito acaba mostrando que mesmo os mais rudes também têm seu lado humano. Moira e Evgeny rompem o paradigma da diferença etária e criam um laço afetivo que duraria para sempre, mesmo depois da morte do senhor, que, num ato de bravura, acaba se trancando nos seus aposentos para morrer sozinho, porém da maneira que queria: na terra onde nasceu e viveu. “Você tem uma vida toda pela frente”, diz Evgeny, enquanto a jovem derrama suas lágrimas numa tentativa desesperada de fazê-lo abrir a porta, mas sem sucesso. O episódio termina com Moira encontrando seu pai, Barry Burton, em um momento decisivo para o desfecho do jogo, o resto vocês já sabem...

Mocinha: revelações


Desde o primeiro episódio do aclamado Resident Evil: Revelations 2, um dos maiores mistérios é a doce Natalia Korda. A jovem, que perdeu os pais no incidente de Terragrigia, vinha – e vem – sendo alvo de grande especulação por parte dos fãs em fóruns de discussão de todo o mundo. A campanha principal nos revelou algumas informações, como os verdadeiros planos de Alex Wesker, mas mistérios como a origem dos seus poderes, só foram revelados durante o segundo episódio extra, Mocinha.

O capítulo tem seu início no momento em que Natalia acorda, 6 meses após os eventos da campanha Claire/Moira. A sua ursinha – e única amiga – Lottie, está desaparecida, mas Natalia não está sozinha nessa jornada: um misterioso “clone”, aqui referenciado como Dark Natalia, ajudará Korda em sua busca.

Dark Natalia misteriosamente ajuda Natalia na busca por Lottie.
A jogabilidade é o ponto mais interessante: em Mocinha, o jogador terá que colocar os neurônios para trabalharem pesado! Isso porque, além de Natalia não poder usar ataques físicos, ela não pode ser vista pelos inimigos. Toda e qualquer ação deve ser feita com o máximo de cautela e furtividade, afinal, se algum Revenant perceber a presença da jovem, ela “desmaia”. A Dark Natalia, porém, pode circular livremente sem ser descoberta e perceber inimigos mais distantes. Quais mistérios circulam esse “clone”?

Para quem gosta de uma boa combinação entre a ambientação e a trilha sonora, o capítulo é um prato cheio: os cenários – todos já visitados por Barry na campanha principal – são banhados por uma névoa misteriosa, que, em combinação com o filtro rosado e a trilha sonora melancólica, dão um clima autêntico e uma identidade própria ao episódio.

Após desviar de alguns inimigos e encontrar algumas cartas do Lottie, a Dark Natalia começa a revelar sua verdadeira identidade. Por trás da sua ajuda há um interesse maior em “controlar” a mente da Natalia, que sempre recusa. “Não preciso da sua ajuda”, repete a jovem, enquanto seu clone repete “Lottie te abandonou, você ficará sozinha”.

Lottie é tudo que Natalia têm, após perder tudo em Terragrigia
Após uma média de uma hora de gameplay, a última carta de Lottie é finalmente encontrada, na ponte próxima à torre de rádio. A cutscene final é reveladora: a Natalia sombria é, na verdade, uma personificação da mente da Alex Wesker, que luta para tomar o controle por completo do corpo da Natalia. A vilã não consegue exatamente o que almejava, mas dá um passo à frente, ganhando um espaço na mente da Natalia. É daí que vêm o sexto sentido da mocinha, que, ao ficar lúcida novamente, percebe a chegada de um barco – o barco de Barry Burton. Toma início, então, as aventuras dos dois protagonistas, após este incrível e esclarecedor episódio especial.

Se você ainda não jogou, e não viu nada sobre os episódios, pode conferi-los logo abaixo direto do canal do Co-op Geeks:




E se você não poderá adquirir o jogo, que tal participar do nosso concurso cultural em parceria com o REVIL? Para as informações sobre regulamento e requisitos, clique na imagem logo abaixo:


Ficha Técnica

Título: Resident Evil: Revelations 2 - Episódios Extras - O Conflito e Mocinha (Biohazard: Revelations 2 - Extra Episodes - The Struggle and Little Miss)
Lançamento: 17 de Março de 2015


Créditos
Escrito por: Vitor Oliveira
Revisão e Imagens: Juninho Lima
Imagens: Juninho Lima

O texto não reflete a opinião do Co-op Geeks, e sim do autor do artigo.

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga