Menu
» » » » O que achamos da Beta de Battlefield: Hardline


Paloma Cristini 16.7.14


O anúncio de Battlefield: Hardline foi o mais esperado da Activision, assim que as informações e imagens sobre o projeto foram vazados, e quando ele foi mostrado na E3 2014, revelou uma nova realidade que os jogadores da franquia terão no game agora.

Prometendo mais informações mais para o futuro, já na noite em que o game foi anunciado, a Activision liberou o beta do game para os usuários de PlayStation 4 e PC, e aqui vai o O QUE ACHAMOS DE: Beta de Battlefield: Hardline (PS4).

A principal diferença entre esse Battlefield para os demais é que agora, ao invés de estarmos controlando soldados e exércitos de vários locais do mundo, vamos ter a opção de controlar ou os policiais ou os ladrões. Isso mesmo! Esse jogo se tornou o novo “policia e ladrão”. É o jogo que Payday (sem piadas, por favor), queria ser e não conseguiu. E o que isso difere para os outros jogos da série? Em termos de jogabilidade, nada, pois para quem ja é familiarizado com o Battlefield 4 não vai notar nenhuma diferença nos comandos e na jogabilidade em geral. A única divergência que eu pude ver quando joguei é que o jogo ficou muito mais lento. O seu personagem ainda possui a “corrida infinita” presente nos últimos jogos da série, mas é possível perceber na sua movimentação que ele está mais lento, com um movimento mais pesado. Aí, talvez vocês possam estar se perguntando: “Ah, mas isso é uma coisa ruim para o jogo?” - eu diria que não, pois ao contrário de BF4 e principalmente BF3, o mapa do jogo (pelo menos nesse que está disponível nessa versão beta) é relativamente pequeno, com vários edifícios que podem ser explorados e usados como pontos de cobertura. Esse é outro aspecto que diferencia esse BF: Hardline dos outros. Enquanto o Battlefield 4 e Battlefield 3 possuem mapas enormes, que favorecem o uso de veículos, no Hardline acontece o oposto. O jogo terá um foco maior no combate “corpo-a-corpo”, tendo os veículos como coadjuvantes na batalha.

Polícia ou ladrão?
A versão beta do jogo, disponível apenas para PlayStation 4 e PC, possui apenas um mapa para que possamos jogar os dois modos de jogo: Heist e Blood Money. O Heist, para quem ja conhece o BF4, pode ser comparado com o modo Obliteration. Os ladrões devem pegar duas maletas de um carro forte que está no meio do mapa, para a sua base. Enquanto os policiais devem impedir que isso aconteça.


Confesso que não gostei muito desse modo pois caso o time dos ladrões seja bom, é possível terminar o jogo em menos de 3 minutos. Já o modo Blood Money, que o modo que eu achei mais divertido, daria para compará-lo com o modo Conquest. Aqui os times iniciam em lados opostos com o objetivo de pegar dinheiro de um conteiner que está no centro do mapa e levá-lo de volta para a sua base. O legal é que uma equipe pode roubar o dinheiro da base da outra equipe, tornando o jogo mais divertido e duradouro.


As classes disponíveis continuam as mesmas do Battlefield 3 e Battlefield 4. A diferença é que  em Battlefield: Hardline, elas mudaram de nome, mas suas funções continuam iguais. De modo geral temos o médico, o engenheiro (ou mecânico), o suporte e o Sniper. Quem me conhece sabe que em qualquer FPS, a minha escolha será o Sniper, mas nesse jogo, não me agradei dele. Com um mapa relativamente pequeno, a ação do jogo fica concentrada num local específico. Daria para ficar em cima de um prédio “camperando”? Sem dúvida, mas assim eu não estaria fazendo muita coisa, pois grande parte da ação acontece dentro de edifícios e áreas cobertas. Por conta disso, eu passei a jogar mais perto dos inimigos e optei a usar a classe de médico, que é uma das melhores do jogo.

E o que seria de Battlefield sem veículos, não é?! Apesar de não estarmos num exército, ambos policia e ladrão também possuem veículos, mas são veículos voltados para a realidade do jogo. Nada de tanques e jatos, apenas carros normais, motos, vans e furgões. Ambos os lados possuem um veículo pesado que está substituindo o tanque. Ele tem um alto poder de fogo (tão alto, que eu tenho quase certeza que a DICE vai dar uma balanceada nele). E os times possuem também dois helicopteros, um de ataque e outro de transporte e suporte.

Muitas explosões, tiroteio e veículos em BF: Hardline.
Essa bateria de testes de Battlefield: Hardline se encerrou dia 26 de junho, e promete ser a primeira rodada de betas que a EA ainda vai liberar do game, aliás, um novo beta deverá ser lançado ainda no terceiro trimestre deste ano, agora, para todas os consoles que o game será lançado.

Além do modo multiplayer, o produtor executivo do game, Steve Papoutsis, irá revelar mais detalhes do modo single player, que está sendo a parte de mais orgulho dos desenvolvedores, pois essa mudança de universo onde Battlefield era passado para dar lugar a uma realidade diferenciada, está sendo o elemento chave no novo titulo.

Battlefield: Hardline estará disponível para PlayStation 3, PlayStation 4, Xbox 360, Xbox One e PC.


Enredo: 5
Jogabilidade: 8
Gráficos: 9
Criatividade: 6
Diversão: 8
Soudtracks: 6

NOTA FINAL: 7

Ficha técnica:

Título: Battlefield Hardline
Ano de lançamento: 2015

Créditos

Texto: Marcelo C. Schimitt
Revisão: Paloma Cristini e Juninho Lima
Imagens: Juninho Lima

O texto não reflete a opinião do Co-op Geeks, e sim do autor do artigo.

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga