Menu
» » » » » Tirando da Estante: Rule of Rose


Juninho Lima 13.11.15


Todo mundo tem para si, aquele jogo que ficou para sempre marcado na memória. O tempo vai passando, os games evoluindo e muitas vezes, aquele jogo que te fez passar horas em frente a TV cai no esquecimento.

Mas todo bom jogador, separa um tempo para jogar aquele game antigo que já estava todo empoeirado na estante. E nesse artigo, vamos tirar da estante um dos melhores títulos de Survival Horror de todos os tempos: Rule of Rose!

Lançado em 2006 pela Atlus, exclusivamente para o PlayStation 2, Rule of Rose é um game de Survival Horror e Thriller Psicológico, com um dos enredos mais fantásticos e polêmicos do mundo dos games.

Apesar de ser excelente, o jogo não obteve sucesso de vendas, por causa de seus temas abordados e o baixo investimento em marketing.

Se você não jogou Rule of Rose, eu espero que você se convença a entrar no mundo macabro desse título que te deixará tenso, emocionado e intrigado a cada descoberta. Não se preocupe, esse texto não terá spoilers!

Rule of Rose - O perigo da inocência


O jogo te coloca na pele de Jennifer, uma garota de 19 anos, que por um motivo desconhecido está dentro de um ônibus, onde conhece um garotinho misterioso que entrega a ela um livro em branco e pede que ela leia a história para ele. A garota fica estarrecida ao notar que nada há no livro, e que todas as páginas estão em branco. 

Logo em seguida o garotinho sai do ônibus e curiosa, Jennifer vai atrás dele e o vê entrando em uma espécie de mansão. Atrás de uma maneira de entrar, Jennifer encontra um portão nos fundos onde vê crianças com sacos na cabeça matando algum animal dentro de um saco, e ao explorar ao local, ela encontra o garotinha que avisa a ela que alguém importante para ela está sendo sepultado naquele momento.

Jennifer sair depressa para conferir o que estava acontecendo e encontra uma sepultura já pronta com uma pá ao lado. No intuito de descobrir quem era esse alguém especial que foi sepultado, ela abre o buraco e encontra dentro de um caixão o mesmo saco onde algo estava sendo espancado pelas crianças. E antes que a garota pudesse conferir o que estava dentro, ela é empurrada para dentro do caixão e acaba desmaiando dentro dele.

Quando acorda, Jennifer se encontra dentro da mansão, que mais tarde descobre ser o orfanato Jardim de Rosas.

A garota logo conhece as crianças que ali habitam e seus bizarros costumes. O mais curioso, é a existência de uma sociedade secreta, chamada: Clube das Aristocratas do Giz de Cera Vermelho. O grupo tinha uma hierarquia formada por garotas, dentre elas:


Diana (Duquesa) - Autoritária, insensível e prepotente, Diana não mede esforços para conseguir o que quer. É altamente dissimulada e adora persuadir os mais frágeis em busca de seus objetivos. É cruel, e não demonstra remorso algum quanto à violência.


Eleanor (Condessa) - Sem sentimentos e conhecida por seu silêncio e frieza, Eleanor parece nem ter coração. Apesar de toda sua crueldade, Eleanor sempre carrega uma gaiola com um passarinho vermelho dentro. Ele representa para ela a liberdade e felicidade eterna que ela tanto busca.


Magareth (Baronesa) - É a inteligência da aristocracia. Apesar de sua aparência amigável, Maggie é uma das mais cruéis integrantes da aristocracia. Ela é quem arquiteta todas as punições aos desobedientes. Extremamente fiel à Diana, Maggie até manda cartas de amor para a garota que não a suporta e apenas finge ser sua amiga.


Amanda (Camponesa) - Amanda é obcecada por beleza, e sonha um dia ser considerada bonita pelas outras garotas e subir no ranking do clube. Quando Jennifer chega ao orfanato, Amanda vê a esperança de não ser mais a última no ranking. Compulsiva e subordinada, Amanda faz o que for preciso para ganhar o respeito das outras meninas.

O orfanato Jardim das Rosas é regido por um grupo nomeada Aristocracia do Giz de Cera Vermelho, comandado por meninas perversas.
Existem outras crianças no Orfanato Jardim das Rosas, e até mesmo funcionários: Martha Carol é a faxineira e cozinheira da instituição. Ela é a única pessoa ali que se preocupa com o bem estar das crianças; e o diretor e professor Hoffman. Ele não liga para nada, além de sua reputação. Existem boatos de que o mesmo abusa de algumas meninas do orfanato.

Não se deixe enganar pela fofura da infância

Entre esquisitices e crimes absurdos, Rule of Rose coloca o jogador em estado de fragilidade total. Tudo o que você tem são suas pernas para correr, e em alguns momentos, armas brancas e de fogo - mas são muito raras mesmo! 

Jennifer encontra um cachorro preso pelas cruéis meninas, o solta e lhe dá o nome de Brown. O Golden Retriever se torna seu companheiro e defensor durante o título. O cão ajuda também na exploração.


Trancada dentro do orfanato, Jennifer precisa entregar presentes para a aristocracia do giz de cera vermelho, todos os meses (os meses são os capítulos no jogo), e caso ela não consiga, será punida pelas meninas. 

No início, Jennifer não sabe o porque daquilo tudo; a única informação que tem é que ela está ali para se lembrar quando foi uma menina má e pagar por isso.

Jennifer é constantemente humilhada e torturada pela aristocracia, quando não faz o que elas querem.
Durante esse tempo, coisas absurdas acontecem. Morte, violência, humilhação e até estupro fazem parte do game que foi censurado e banido de alguns países. Mas acalme-se. Por mais que esses temas sejam polêmicos, isso é muito bem amarrado e justificado, e é claro, o jogo é dirigido para o público maior de 18 anos.


Durante sua busca pelos presentes, A garota e o cachorro são atacados por crianças desfiguradas e violentas. É muito fácil você se assustar durante o gameplay tenso e com clima de Survival Horror de raiz

O passado de Jennifer (sem spoilers)


Jennifer, a protagonista, perdeu seus pais ainda pequena e foi criada por Gregory W. Willson; um homem desequilibrado que após a morte de seu filho - Joshua - adotou Jennifer e começou a se referir a ela pelo nome do garoto e a vestir como ele. Como ela havia perdido a memória após o acidente que matou seus pais, Jennifer aceitou a tudo isso sem questionar.

Ainda pequena, Jennifer conheceu Wendy. A garotinha entra em contato com Jennifer a chamando de Joshua achando que é um menino, já que Gregory sempre a tratava como seu filho. Jennifer esclarece que na verdade é uma menina e conta sobre o filho de Gregory. 

Na vila em que todos moram, os habitantes, menos Jennifer, sabem dos rumores a respeito de desaparecimentos de crianças, dizendo que um homem, conhecido como cão vadio, estaria sequestrando e se alimentando das suas vítimas. Preocupada com isso Wendy planeja resgatar Jennifer. 

Em sua cabeça Wendy seria a princesa e Joshua seria o príncipe que ela salvaria a vida, então Wendy propõe uma promessa onde as duas viveriam felizes para sempre, Jennifer concorda e faz a promessa sem pensar nas consequências que tal ato traria.

"Eterno verdadeiro amor, eu sou sua."
Wendy e Jennifer constroem um laço cada vez mais forte, e esse passado é o básico para você entender um pouco do enredo que é complexo e eu garanto que você irá se surpreender muito com o final genial que o título oferece.
A pequena Jennifer, e sua amada Wendy.

Rule of Rose é um daqueles jogos de Survival Horror com história interpretativa que cria pontas para as mais diversas teorias - um prato cheio para quem gosta desse tipo de jogo.

Você sempre se pegará tentando descobrir o que é real, e o que faz parte dos devaneios derivados das falhas memórias de Jennifer e sua infância conturbada.

O game se supera a cada revelação, levando o jogador ao ápice da loucura pelos corredores do imenso e tenebroso orfanato. Até mesmo para os mais corajosos, Rule of Rose é um game pesado com assuntos considerados tabu até hoje!

Como a trama é complexa e traz muitos acontecimentos interpretativos e às vezes, psicológicos, é aconselhável ter sempre um bloco de papel em mãos para anotar as informações importantes sobre o passado e a vida de alguns personagens.

Rule of Rose - uma obra de arte!


Rule of Rose é um título de altíssima qualidade, e traz uma ótima jogabilidade, trilha sonora, ambientação e enredo estarrecedor! 

Se você ainda tem seu PlayStation 2, vá atrás de jogar Rule of Rose! É um título obrigatório para quem é fã de games de terror com a essência do puro Survival Horror.


E se você se convenceu a jogar, comente aí o que está achando do game e vamos teorizar!

E se você terminou, mas não entendeu a história, ou não liga para spoilers, assista o vídeo explicativo dos nossos parceiros do Video Games Death, logo abaixo:


Créditos

Texto e Imagens: Juninho Lima

O texto reflete a opinião do autor, e não do site Co-op Geeks.

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga