Menu
» » » » » » » Supermax: da Cultura Pop para a TV Brasileira


Bruno Bolner 14.12.15


Se você acompanha séries, filmes, ou qualquer mídia voltada à cultura pop, ou ainda, se você acompanhou a Comic Con Experience 2015, deve estar sabendo que a Globo está querendo entrar nesse mercado. Durante o evento, num painel só dela, a emissora apresentou ao público um novo projeto - a série Supermax - uma clara tentativa de conquistar alguns espectadores desse universo. Todos sabemos que é difícil encontrar programas nacionais que atraiam o público Geek e que também seja um produto de qualidade.

No evento, o primeiro trailer foi divulgado, apresentado a série de suspense e terror. Nele podemos ver vários elementos interessantes e, alguns, bem estranhos. Assista:


Basicamente, Supermax é um "BBB de terror". Doze sujeitos de comportamentos esquisitos e passado meio obscuro, são colocados em uma penitenciária de segurança máxima, instalada no meio da floresta Amazônica. Quando o programa começa, as coisas começam a dar errado.

O trailer nos apresenta 3 dos personagens: Luizão, Bruna e Nando. Luizão é o bad boy, lutador e que tem cara de que só arruma briga por onde passa. Bruna é a emo-gótica-vampira-roqueira admiradora de cemitérios e da morte. Nando é o cara que tem dons paranormais. Os 2 primeiros parecem não ter medo de nada, enquanto o terceiro aparenta ser o cagão da turma, sempre carregando sua fé e sua cruz consigo.

Brazilian Horror Story: Supermax

Dissecando um pouco do vídeo, podemos ver várias referências à cultura pop. Está claro para quem assistiu American Horror Story ou Supernatural, que há algumas inspirações desses seriados em Supermax. Os elementos de terror e sobrenatural estão aos montes já neste primeiro trailer. Mas as referências não ficam somente por conta destes dois sucessos da TV.

American Horror Story: Asylum
American Horror Story estará representada pela "prisão" dos participantes do reality show - que tanto o local, como a situação, é inspirada no sanatório Briarcliff. Ela se torna mais forte, quando aparece uma cena de um par de mãos usando luvas azuis cortando um braço, utilizando um bisturi. Isso, somado ao monstrinho solto pela prisão, não nos deixa dúvidas da inspiração nas primeiras temporada da série do FX.

Nem precisa ser dito nada sobre Supernatural. Só os elementos sobrenaturais já lembram do seriado.

Agora, pense na primeira coisa que vêm à sua cabeça enquanto você lê "câmeras instaladas em uma pisão, localizada em um lugar remoto". A primeira coisa que me vem à cabeça é: Resident Evil Revelations 2. Se for parar para observar a prisão, a partir do 3º minuto do vídeo, essa referência fica na cara! Evil is watching!

Outro momento bacana acontece quando Luizão é apresentado. Ele aparece socando uma geladeira amarrada e pendurada por uma corda - P.T. feelings? Acho que sim. Apesar de não estar em um ambiente sombrio e aterrorizante, o fato da geladeira estar pendurada por uma corda já é algo para lembrar a obra-prima inacabada.


Bruna, Luizão e Nando
Também é mostrado no trailer um tipo de vampiro, que lembra bastante alguns monstros dos filmes O Abismo do Medo e Legião. A forma como o monstro se movimenta lembra bastante aos vilões do primeiro filme, enquanto sua aparência, olhos e boca, lembram bastante os vilões do segundo.

Durante todo o trailer, cenas desconexas são exibidas, onde aparecem coisas estranhas como: alguém correndo por um corredor escuro; luta de boxe; uma espécie de "anjo" nu (anjos não tem sexo, lembrem-se!); pessoas utilizando lança-chamas; ambientes com neon; etc. São muitas cenas para poucos minutos de trailer.

Contudo, nestas cenas também vemos algumas referências interessantes. Há um momento em que aparece uma mulher assoprando um pó colorido e, em outra cena, aparece Nando com os pés ensanguentados, porém o sangue está fazendo o fluxo inverso, subindo do chão para seu corpo. A primeira cena lembra o fatality de Sonya Blade contra Cyrax no segundo filme baseado nos jogos, Mortal Kombat: Annihilation. A segunda cena, lembra claramente a personagem Skarlet, do jogo MK de 2011.

O próprio enredo do seriado lembra um pouco o livro O Caso dos Dez Negrinhos, de Agatha Christie. Além de ter uma pegada meio Jogos Mortais, afinal, somente um será o vencedor do programa e, por que não, o único a sobreviver?


Além de vampiros, monstros e pessoas desconhecidas com um passado obscuro, a trama tentará causar medo, repulsa e sustos, através de elementos sobrenaturais, como movimentações de objetos, sangue que flui em sentido inverso, sombras. Também contará com elementos religiosos, magia negra e ocultismo, visto claramente nas cenas em que aparecem crucifixos, um pentagrama invertido, gato preto e conchas.

Outras tentativas de deixar o telespectador desconfortável, serão o uso de animais peçonhentos, mutilações e dilacerações. Como o intuito da série é ser brutal, estes últimos não poderiam faltar.

Supermax é promissora e tem boas influências

Com tantas referências bacanas, é de se esperar que saia algo interessante. Sabemos que as produções nacionais voltadas para esta temática, o terror e suspense, não foram muito bem sucedidas. Contudo, por trás do projeto, há vários nomes que já trabalharam em projetos bacanas, como Marçal Aquino, Braulio Mantovani, Denisson Ramalho, Raphael Draccon e José Alvarenga.

HQ de Supermax
No elenco, aparecem nomes conhecidos como Mariana Ximenes (Bruna), Cléo Pires e Pedro Bial, que será o apresentador do reality show.

Ainda no stage da atração na CCXP, foi lançada uma HQ ilustrada com uma prévia do enredo e informações dos personagens.

No auge do mercado para este tipo de conteúdo, até que demorou para uma grande produtora nacional investir nesse nicho. Porém, como nem as grandes criadoras de conteúdo pop acertam sempre, devemos ter cuidado com as expectativas. Por não existir outro projeto como este, criado em solo nacional, pode não ser tão bacana quanto parece. Estou contente com a iniciativa, mas mantenho meu "pé atrás". O negócio é esperar 2016 e assistir o seriado, que terá 12 capítulos.

O que me intriga é: será que conseguirão lidar com toda essa quantidade de elementos? É um tanto ousado da parte deles, não? De qualquer maneira, devemos receber o seriado de mente aberta e esperar que ele seja bom, e conquiste o público, para motivar a mais conteúdos como esse serem produzidos em nosso país.

Ficha Técnica

Título: Supermax
Lançamento: 2016
Emissora: Globo
Direção: José Alvarenga Jr.
Elenco: Mariana Ximenes, Cléo Pires, Pedro Bial, Erom Cordeiro e Bruno Belarmino.

Créditos

Texto: Bruno Bolner
Revisão e Imagens: Juninho Lima

O texto apresenta as opiniões do autor do texto, e não do site Co-op Geeks.

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga