Menu
» » » » » » Tirando da Estante: Histórias de Fantasmas


Steven L. Andrade 15.2.16


Você conhece o anime Gakkou no Kaidan? Se você tiver sido uma criança que ficava acordado até de madrugada assistindo TV a cabo, há grande possibilidade de você ter assistido pelo menos um episódio.

Com o título Histórias de Fantasmas, ele foi transmitido aqui no Brasil pela Cartoon Network entre 3 de outubro de 2005 e 16 de janeiro de 2006, e conta a história de cinco amigos que acabam tendo que lidar com vários fantasmas e outras entidades malignas que estão a solta por sua cidade.


Não se deixe enganar


Apesar de parecer ser um anime kawaii, alguns episódios são bem tensos e podem te deixar apreensivo facilmente, contando até com a presença de figuras conhecidas do terror japonês. O episódio mais assustador do anime abordava a lenda da Kushisake-onna, que inclusive deu as caras no nosso artigo As 9 Lendas Urbanas mais assustadoras do mundo. Infelizmente, o episódio foi banido devido a criticas que o estúdio recebeu depois de sua exibição. Você pode conferir algumas cenas do episódio nesse vídeo:


Dublagem "HUE BR"



A dublagem brasileira deu um toque de comédia para a animação japonesa, dando personalidade aos personagens e fazendo adaptações maravilhosas. Eu sei que para muitos otakus anime bom é anime legendado, mas peço a todos vocês que estão lendo esse artigo, que deem uma chance para a dublagem, que eu particularmente acho que deixa tudo muito mais divertido.

Dividindo com vocês



Como amante do terror japonês, Histórias de Fatasmas se tornou uma das minhas paixões, marcando a minha infância. É realmente uma pena que poucas pessoas tenham tido oportunidade de assistir e que não tenha mais de uma temporada, mas espero de coração que eu tenha deixado vocês interessados.

Pra saber mais informações sobre ele, curtam a página gnkBR, que também disponibilizou todos os episódios junto com abertura, encerramento e trilha sonora original em seu canal no YouTube:


Créditos

Texto e Imagens: Steven L. Andrade
Revisão: Juninho Lima

O artigo apresenta as opiniões do autor, e não do site Co-op Geeks.

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga