Menu
» » » » » » O que esperamos de Overwatch


Paloma Cristini 20.5.16


Com o estrondoso sucesso causado pelo game World of Warcraft, um dos pioneiros a trazer o mundo RPG pra era da internet e interação com o mundo, a desenvolvedora Blizzard se tornou uma referência no mercado gamer, lançando depois, também, a famosa saga Diablo e StarCraft. Só que dessa vez, a gigante dos jogos de RPG decidiu sair um pouco "da casinha" e resolveu entregar um shooter que, atualmente, é a paixão de muitos jogadores. 


Vamos falar um pouco do novo game da desenvolvedora e o que esperamos dele - Overwatch!

Lembrando que essa pequena analise é baseada totalmente no que foi visto e jogado na Open Beta do game, que ficou disponível até dia 10 de Maio, e jogado empolgadamente por boa parte da equipe do Co-op Geeks no PlayStation 4. Assista o trailer do anúncio da open beta do jogo em dublado em português:





Quase um filme de animação jogável

Mesmo com tantos personagens cativantes de personalidades, aparências, habilidades e nacionalidades diferentes, Overwatch não possui um modo história dentro do jogo, com isso, a Blizzard está disponibilizando vários curtas de animação em sua página no Facebook e no YouTube, para tentar aprofundar você no universo do game.

A ideia da empresa de disponibilizar a história de vários personagens é ótima e está dando muito retorno, mas será que vale a pena deixar esses conteúdos fora do game?

Uma ideia muito boa para desenvolvedora é colocar esse conteúdo dentro do jogo como um bônus, como esse recurso não estava na beta, provavelmente pode não estar na versão final.

A história de cada personagem é totalmente única, entretanto, todas estão ligadas. Nem todos os personagens são heróis, e isso fica bem claro no primeiro curta, que você pode conferir abaixo dublado em português: 


A Equipe em ação


Overwatch irá entregar três modos de partidas totalmente competitivos:

Escolta: como o nome já diz por si, uma das equipes terá que escoltar uma carga até o ponto final no tempo limite da tela (a cada ponto determinado no mapa alcançado, o tempo aumenta). A outra equipe terá que evitar que a carga chegue a seu destino final;

Controle: trata-se de tomar uma determinada área do mapa. Aqui existem dois modos diferentes de jogo, uma em que a equipe tenta controlar a área e a outra defende, ou as duas disputam incansavelmente uma mesma área;

Hibrido: algumas das partidas terá misturado os dois modos citados acima. Tudo isso com um server lotado de, no máximo, doze jogadores (seis em cada equipe), pois se a partida não atingir essa numero de jogadores, a partida não se inicia.

O fato curioso é que o server será mantido pela própria Blizzard, através do Battle.Net, ou seja, não precisará que ninguém fique obrigatoriamente online para ser possível jogar em alguma partida, e com isso, a empresa promete controle rigoroso a aqueles que tentarão dar o famoso "rage quit" ou tentar alguma trapaça.

O que mais vai reinar nesse game, caso o jogador jogue com o intuito de vencer, sem dúvida será o trabalho em equipe, que é totalmente fundamental para o bom desenvolvimento tanto do jogador quanto do time completo. Com cada personagem tendo sua própria habilidade e papel dentro de cada partida, realmente será essencial deixar aquele orgulho de querer levar a equipe toda sozinho e montar aquela estratégia marota para conseguir alcançar o objetivo.

Já que todo esse trabalho em equipe é a chave para uma boa partida, é claro que a Blizzard pensou em uma jogabilidade que combinasse com tudo isso. Como os rounds são rápidos, a competitividade de todos exige uma movimentação de personagens e dinâmico, para manter o trabalho em equipe, e é exatamente isso que o game está entregando.

Seguindo o estilo FPS, Overwatch tem uma dinâmica rápida entre as habilidades de cada personagem, comandos rápidos e até livre de travamentos, com a sensibilidade da câmera perfeita para acompanhar a partida, o mapa e os inimigos.

O mundo kawaii de Overwatch


Para aqueles que não gostam de levar muito a sério os games e quer apenas se divertir, Overwatch é perfeito para isso também.

O game irá trazer doze mapas bem elaborados e gostosos de se jogar, e cada um deles, se o jogador for bem esperto e ter uma boa observação, tirará vantagens deles, basta só procurar um bom lugar e montar sua estratégia.

O maior medo para nós, jogadores brasileiros, sempre é a dublagem de um game para nosso idioma, mas isso pode ser esquecido nesse game e aproveitar sem medo. O trabalho de dublagem está muito bem finalizado e nada sem sincronia, dando até gosto de ouvir nossas gírias em momentos certeiros no jogo, gerando momentos engraçados e mantendo a boa diversão típica dos brasileiros: a zoeira!

A trilha sonora do game não chama muito atenção, mas sons como uma partida iniciada, o quase fim de uma partida, da prorrogação e de um novo nível alcançado deixará qualquer jogador entusiasmado.

Fora que cada personagem possui suas habilidades, trejeitos, personalidade e vantagens. Vale a pena separar um momento do seu dia para conhecer cada um deles, nos vídeos curtos que a Blizzard vem lançando no canal oficial do game, em português brasileiro, como o vídeo que fala sobre a Tracer - uma das personagens preferidas dos jogadores:


Todo esse mundo do jogo trará, também, diversas skins, falas exclusivas, poses de vitória, sprays e icons para seu perfil dentro do jogo, deixando essa experiência ainda mais linda, colorida, personalizável e totalmente divertida.

Vamos entrar nesse mundo colorido


Talvez obtendo como principal concorrente o game Rainbow Six: Siege, da Ubisoft (que zela por um game mais sério se tratando em trabalho em equipe), Overwatch se mostra a altura para entrar no atual mercado gamer, trazendo como essência a diversão do trabalho em equipe, a importância da comunicação entre as pessoas e até mesmo a importância de se ter amigos de ajudando sempre. Junte-se a nós! O mundo precisa de heróis!

Overwatch estará disponível para PlayStation 4, Xbox One e PC à partir do dia 24 de Maio.

Ficha Técnica

Titulo original: Overwatch: Origins Collection
Lançamento: 24 de maio de 2016
Plataformas: Playstation 4, Xbox One e PC's
Desenvolvedora: Blizzard

Créditos

Texto: Paloma Cristini
Colaboração: João Marcelo Resende

O texto apresenta as opiniões e ideia dos autores do texto, e não do site Co-op Geeks.

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga