Menu
» » » » » » » 4 Motivos pelos quais eu odiei X-Men: Apocalipse


Juninho Lima 5.6.16


Tá, eu sei que muitos esperavam um "O que achamos de X-Men: Apocalipse" e uma opinião mais formal sobre o longa, mas por motivos de: demoramos demais para assistir e falta de tempo, decidi escrever uma lista de motivos pelos quais eu odiei o filme, então caro leitor, não espere um texto convencional, mas um artigo recheado de opiniões sinceras e humor ácido. 

ATENÇÃO: Esse texto CONTÉM SPOILERS de "X-Men: Apocalipse". Se você ainda não assistiu ao filme, esse texto não é recomendado para você, a não ser que você queira estar preparado para não jogar dinheiro fora. VOCÊ FOI AVISADO - prossiga por sua conta e risco.

Se você, assim como muitas pessoas nas minhas redes sociais, adorou o filme, quero pedir para deixar seu comentário com a lista de motivos pelos quais "X-Men: Apocalipse" é um bom filme pra você após a leitura - vamos conversar!

4 - Maquiagens e efeitos muito, muuuuito, MUITO RUINS MESMO.


Desde a disponibilização dos trailers do longa, eu percebi que muitos dos efeitos e maquiagens não eram "lá essas coisas", mas entrei em um estado de negação: "ah, deve estar assim no trailer, mas irão concertar isso até o lançamento do filme... Pô, os efeitos dos últimos filmes foram tão bons que não faz sentido os desse filme serem ruins" - não se enganem, meus caros. A maquiagem é muito ruim! 

Com exceção de Fera (Nicholas Hoult) e Noturno (Kodi Smit-McPhee), que apresentam um bom trabalho de maquiagem, os outros mutantes que possuem mutações visíveis, como Mística (Jennifer Lawrence) e o próprio Apocalipse (Oscar Isaac) exibem os piores visuais do filme.

Enquanto temos excelentes visuais nos filmes da Marvel Studios pela Disney, "X-Men: Apocalipse" tem que se conformar com um vilão que mais parece ter saído direto de algum episódio de "Power Rangers" - custava pelo menos terem usado efeitos para deixar o antagonista mais alto e imponente?

ME/YOU
Sobre a maquiagem da Mística: por alguns momentos eu estava em dúvida se eu estava vendo "X-Men: Apocalipse" ou algum comercial da TIM com algum integrante do grupo Blue Men.

Separados por uma fronteira que acaba do outro lado da rua.
E o exagero de computação gráfica? Uma coisa é usarem com maestria à ponto de você nem notar o que foi feito por computador e o que é real, e outra é usarem em excesso e com pouco capricho, como nessas cenas:



Após me acostumar com o visual pouco trabalhado do filme, eu não acharia absurdo se Ariana Grande e suas tetas explosivas do clipe "Break Free", aparecessem para ajudar:


3 - Jennifer Lawrence


Não, eu não tenho nada contra à Jennifer Lawrence, na real eu curto muito os trabalhos dela no cinema, mas se você é do tipo de fã que não aceita até hoje o "protagonismo" de Wolverine nos outros filmes de "X-Men", se prepara, porque se você acha "forçado" ver o carcaju sempre na frente de tudo, vai ser doloroso aceitar a mutante como centro das atenções.

Pessoalmente falando, para mim, o protagonismo não é o problema - o que me incomoda é ver Jennifer claramente não se entregando ao papel. Após as notícias de que a atriz estava "se sentindo desconfortável" com o processo de maquiagem que durava cerca de 9 horas, eu confesso que me decepcionei um pouco.

Ok, quem aguenta passar pelo procedimento várias vezes? Na minha opinião, qualquer um que estiver recebendo milhões para isso. E não há desculpas para prejudicar um personagem pelo qual você está contratado para executar. Quem quiser comparar a maquiagem de Mística quando era interpretada por uma atriz comprometida (Rebecca Romijin) com a decadência após a personagem ser entregue à Jennifer Lawrence, fica a comparação:


2 - Qualquer um pode ser um "Cavaleiro do Apocalipse"


Quando eu fiquei sabendo que Psylocke e Anjo estariam no longa e que seriam dois dos "Cavaleiros do Apocalipse", confesso ter ficado muito empolgado, mas isso logo passou quando me perguntei de que forma eles seriam inseridos na história.

O problema é que tudo é muito jogado e sem profundidade. Após despertar, Apocalipse sai recrutando qualquer mutante que vê pela frente, porque sim - com exceção de Caliban, porque de resto, ele nem perguntou RG, pediu currículo e nem nada disso. Só chamou pro bonde e é isso aí - aceita que dói menos.

Fora que no geral, todos são bem fraquinhos e genéricos. Definitivamente, "X-Men: Apocalipse" só não foi pior que "X-Men 3: O Confronto Final".

1 - Fraco, raso e O APOCALIPSE MORRE!!!!1!!1!!!11!!um!


Após o excelente "X-Men: Dias de um Futuro Esquecido" - e sua incrível cena pós-créditos que deixou muita gente "hypeada" e ansiosa para ver o arco envolvendo o temível "En Sabah Nur" nos cinemas, era de se esperar que o filme superasse o anterior e que toda a urgência, perigo e grandiosidade conhecida na história fosse adaptada com maestria, mas não.

O que tivemos? Um Apocalipse patético, que recruta qualquer um como seu cavaleiro, e que é morto no final - M-O-R-T-O!!!

Quem conhece sabe que a essência do vilão é parecer intangível, invencível; no entanto, em momento algum essa urgência ao perigo é transmitida. Uma das maiores oportunidades de reconquistar os fãs da franquia - que estão abalados desde a péssima adaptação do arco envolvendo a "Fênix Negra", foi completamente desperdiçada ao reduzir Apocalipse à mais um vilão genérico que é derrotado sem matar nenhum personagem importante e "marcar" sua vilania.

PS: Na história original, Apocalipse é selado e aprisionado novamente. Mutantes importantes são mortos, e muitos ficam traumatizados. Sua passagem é marcante e devastadora. Cadê tudo isso aí no filme?  

Pontos positivos


Ok, já desabafei e falei tudo que eu odiei no filme, mas admito que ele tem seus méritos e pontos que me agradaram e que podem representar que ainda há esperança para os mutantes no cinema.

Sophie Turner como Jean Grey: O principal ponto positivo pra mim, é ver Sophie Turner como "Jean Grey". A "Sansa Stark" de "Game of Thrones" entrega uma das melhores atuações do filme e profundidade à uma das personagens mais queridas e poderosas da série;


O excelente gancho para uma nova adaptação da saga da "Fênix Negra": Tá aí uma coisa que me deixou empolgado para futuras continuações; só de pensar que finalmente a minha mutante preferida entre os "X-Men" está ganhando o destaque que merece, fico muito satisfeito. Todas as cenas envolvendo o poder oculto de "Jean Grey" só esperando para ser liberto, são maravilhosas e apesar da morte do "Apocalipse" a cena onde vemos um pouco da "Fênix" é a minha preferida!

Michael Fassbender e sua capacidade de melhorar tudo: Nosso amado magneto volta para a sequência, e apresenta um dos arcos mais emocionantes já vistos na série cinematográfica. Vemos novas camadas do mutante e a atuação de Michael é incrível! O filme melhora só de ter a presença dele no elenco.

Michael Fassbender Screaming apreciation GIF
Violência e Gore: Logo no início do filme, temos cenas violentas de decapitação, desmembramento, entre outras atrocidades que eu gosto de ver em filmes - esse é o "X-Men" mais violento e maduro quando o assunto é choque visual! Não economizaram no sangue sintético.

Wolverine: Ele quase não aparece - e essa é a boa notícia! Pela primeira vez, vimos Wolverine inserido de uma forma não forçada e empolgante. Sua participação é curta e satisfatória.

Bom partners, essa foi minha lista dos motivos que me fazem acreditar que "X-Men: Apocalipse" não é uma bom filme e como sequência, é pior ainda. Apesar de destacar vários pontos positivos, devo enfatizar que para mim, eles não são suficientes para encontrar motivos para gostar da adaptação. Aguardo os comentários raivosos

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga