Menu
» » » » » » » » Liga da Justiça - Tudo o que se sabe até agora


Felipe Cavalcante 27.3.17



Neste sábado (25) foi liberado o primeiro trailer oficial de Liga da Justiça, dirigido por Zack Snyder e agora reunindo o Batfleck e a Mulher-Maravilha (Gal Gadot) com o Aquaman (Jason Momoa), o Ciborgue (Ray Fisher) e o Flash (Ezra Miller). O trailer que foi anunciado com dois dias de antecedência foi antecipado por vários teasers de poucos segundos, já mostrando o tom do filme e aumentando exponencialmente o hype para quem já estava quase desistindo do DCEU (Universo Expandido da DC Comics), claro, a qualidade e a recepção que os fãs terão só saberemos na estreia, mas, enquanto isso, podemos especular por todo o material que já foi lançado sobre o que pode acontecer nesse filme.


Reunindo seus Super-amigos



A primeira imagem que temos no trailer é de Bruce Wayne (Ben Affleck) chegando num pequeno vilarejo isolado em algum lugar cheio de neve, filmados em locações externas na Islândia, onde ele vai encontrar Arthur Curry, o Aquaman. 

Enquanto isso a narração de Diana Prince, a Mulher Maravilha, vai fazendo questão de deixar clara a razão pela qual os heróis precisam se unir: "o perigo já está aqui". E Bruce está indo atrás dele para recrutá-lo como aliado contra uma força perigosa que está vindo.

Uma referência ao vilão do filme que foi apresentado na versão estendida de Batman vs. Superman: o Steppenwolf, que está ligado à um dos mais poderosos e perigosos supervilões da DC, o Darkseid. Sabe-se que inicialmente, o Aquaman vai recusar o chamado, mas por qual motivo ele mudará de ideia, ainda é um mistério.

Mas quem não recusa o chamado, nem pensa duas vezes antes de se juntar ao Batman, será o Flash, que não apenas se junta a Liga porque "precisa de amigos" como também vai ser um dos maiores alívios cômicos do filme. A cena do recrutamento dele, que já foi apresentada no primeiro trailer da Comic-Con San Diego mostra Bruce Wayne entrando no que parece ser seu posto secreto, uma espécie de armazém ou galpão, será mais extensa no filme com o Barry Allen afirmando inicialmente que não é o Flash, mas apenas "um rapaz judeu atraente completamente normal" pelo menos até ele descobrir que está falando com o próprio Batman...



As Caixas Maternas



O MacGuffin do filme serão as Caixas Maternas, três supercomputadores vivos e conscientes de alta tecnologia criadas pelos Novos Deuses, tem poderes incríveis e desconhecidos e foram entregues para as três espécies que habitavam a Terra: os Atlantis, as Amazonas e os Humanos.

A primeira Caixa já foi revelada numa cena dentro de Batman vs. Superman na qual o cientista Silas Stone (Joe Morton) usa ela para criar um corpo robótico, com iguais partes orgânicas e biomecânicas, para mantê-lo vivo. 

O paradeiro das outras duas caixas ainda é desconhecido, mas provavelmente será a busca por elas que vai avançar o plot, e, supostamente uma já foi vista num fragmento de cena de Atlantis...

Atlantis - Under the sea...


Não, não teremos umas sereias tipo Disney cantando junto dos peixes seria interessante, mas não. Os atlantis estão sendo mostrados, pelo menos até agora, como um povo guerreiro e que quer se manter afastado da humanidade. 

E os poucos vislumbres que tivemos da misteriosa Atlantis foi um teste de efeitos liberado por Zack Snyder e a aparição no trailer de Mera, interpretada por Amber Heard (A Garota Dinamarquesa), o visual dela não somente está combinando com o do Aquaman, com detalhes que remetem a escamas e metais esverdeados.

O que muitos estão especulando é que o papel dela no filme será de decidir entre proteger o seu povo e impedi-los de entrar em uma guerra e ajudar o seu interesse amoroso, Arthur Curry.

Outra dúvida que fica com a aparição de Atlantis no filme seria a construção de terreno para o filme solo do herói-subaquático-mais-amado-das-crianças-e-que-não-é-o-Homem-Sereia e que obviamente deve mostrar bastante da cultura atlântida. O ator Willem Dafoe (Spiderman, Antichrist) foi escalado para o filme como Nuidis Vulko, um conselheiro atlante de Aquaman cujo papel na trama permanece em mistério, há também os boatos de que Kristofer Hivju, também conhecido como o Tormund de Game of Thrones como um Rei Atlante, o que pode de algum modo se conectar com o misterioso tridente de sete pontas que é visto com o personagem de Momoa quando dividindo as águas no maior estilo Moisés e... isso é uma nave no fundo? 



Conflitos Internos 


Uma coisa positiva que parece estar sendo deixada dentro do filme é a construção de conflitos para os personagens. Temos uma pequena cena onde vemos Henry Allen, pai do Flash, interpretado por John Wesley Shipp recebendo uma visita do filho na prisão. Nas HQs o cientista é acusado de ter assassinado a própria esposa e preso injustamente, levando o filho a tornar-se um super-herói na tentativa de capturar o assassino e livrar o pai da cadeia. Esse drama pode ser bem mais explorado no filme se feito certo.

Sem essa figura paterna presente durante o filme, parece que há uma justificativa para o relacionamento Batman/Flash que deverá ser de mentor e aprendiz, semelhante ao que aconteceu com Tony Stark e Peter Parker em Guerra Civil, porém com dois pesos na balança: o pai verdadeiro de Barry está na prisão e o último pupilo do Batman acabou morrendo nas mãos do Coringa.

Outro conflito que pode ser estabelecido será o do Ciborgue, o fato de ele ser humano demais para ser uma máquina e máquina demais para ser humano, e, como isso o isola do resto do mundo. O motivo pelo o qual ele vai ser recrutado não está claro, mas muito provavelmente pode ser pelo fato dele estar de alguma forma ligado à Caixa Materna


O humor, o visual e o tom

Outra coisa que se destacou bastante em tudo o que foi lançado é o clima mais descompromissado e relaxado que Batman vs. Superman, mas ainda não chegando no nível Esquadrão Suicida. O primeiro indício já é a trilha sonora do trailer que inclui White Stripes (Hardest Button to Botton e Icky Thump) e um cover de Come Together dos Beatles por uma banda chamada Godsmack. Os trailers deixam claro que tiradas sarcásticas e referências irônicas ficarão por conta do Batman e do Aquaman, que supostamente terão alguma espécie de rivalidade durante o começo do filme.
Além de claro, o Flash do Ezra Miller:




Porém, apesar do tom mais leve isso não significa que outros aspectos dos filmes anteriores foram abandonados, muito do visual que é um dos pontos positivos do diretor vai seguir a estética suja e escura de Batman vs. Superman, que lhe é tão característica desde filmes como 300 e urgh I don't like spam Sucker Punch. Além disso a escala da ameaça agora é global e tão poderosa que vai precisar unir todos os heróis possíveis.



O visual robótico ameaçador dos Parademônios, os ajudantes infernais de Darkseid originários de Apokolips, se iguala ao visual de batalha do Ciborgue e em mais de uma cena, os cenários que parecem ser naves tem um aspecto que lembra as artes de H. R. Giger para Alien: o Oitavo Passageiro e pode-se ver uma grande batalha entre eles e as Amazonas. Como tudo essas cenas de guerra crua irão se conectar com o tom mais leve do filme, não se sabe ainda.

Mas, sabe-se que a presença da Mulher-Maravilha será mais relevante para a trama e que ela terá mais tempo de tela. Ela ajudará Bruce no recrutamento dos heróis e na primeira luta contra os parademônios dentro de um túnel numa locação: a Ilha Stryker (onde o Crawler do Batman aparece pela primeira vez) e a partir daí se envolverá na busca pelas Caixas Maternas.



E finalmente...

O maior mistério desse filme: a volta do Superman. Depois de ser morto pelo Apocalipse tartaruga ninja no final de BvS, ficou no ar como e quando o Escoteiro Azul faria o seu retorno triunfal, nem os trailers deixaram qualquer pista de algum modo pelo qual Kal-El (Henry Cavill) poderia reviver.

No maior estilo copia não faz igualzinho da morte do Jon Snow, nenhum pôster oficial teve a aparição do Supes ainda. Mas, claro, o trailer mostra Lois Lane (Amy Adams) e deixa margem pra ânsia de saber o que vai acontecer...



Por enquanto isso é tudo o que se pode especular da trama de Liga da Justiça, que tem estreia prevista para 16 de novembro desse ano. Isso é tudo e não se esqueçam: save Martha, save the world!


«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga