Menu
» » » » » » » » » » » » Os melhores casais gays das HQs


Felipe Cavalcante 5.6.20


Nesse Mês do Orgulho LGBTQIA+ estamos celebrando e refletindo sobre a diversidade na cultura pop e como temos personagens da comunidade tem sido retratados em filmes, HQs, séries, desenhos animados e etc. 

Agora com uma nova promessa de futuras representações de personagens LGBTQIA+ em filmes de super-heróis da Marvel e da DC Comics (Aves de Rapina, Thor: Amor e Trovão e Os Eternos), decidimos como uma forma de relembrar exemplos de representatividade no meio dos quadrinhos de super-heróis trazer uma lista dos melhores casais gays das HQs.


Wiccano e Hulkling



Wiccano e Hulkling fazem parte da equipe dos Jovens Vingadores, sendo membros vitais da equipe e começaram um relacionamento quando se conheceram lutando juntos, formando um dos casais mais bem trabalhados e reconhecidos da Marvel. 

Wiccano, cujo nome verdadeiro é Billy Klapan, é a reencarnação do filho da Feiticeira Escarlate, tendo herdados os seus poderes místicos e de manipulação da realidade, além de telecinese, criação de campos de força, projeção astral e conjuração, o seu namorado Hulkling, cujo nome verdadeiro é Dorrek VIII, e mais conhecido pelo o seu nome terrestre, Theodore "Teddy" Altman, é um príncipe híbrido Kree-Skrull, que são duas raças que vivem em constante guerra; temendo pela sua vida, sua mãe, a princesa Anelle, o enviou para ficar em segurança na terra, onde viveria como um humano disfarçado, e foi descobrindo suas habilidades de metamorfose e super-força.

Os dois começaram a namorar durante um longo tempo e eram assumidos para o resto da equipe dos Jovens Vingadores, até mesmo servindo de encorajamento para que o Prodígio, um dos seus colegas, pudesse se assumir como bissexual. Em determinado momento, no entanto, eles passaram por uma crise onde o Teddy (enganado pelo Loki) se questionou se ele realmente existia ou se não seria apenas uma criação da mente de Billy, assim como sua mãe fez anteriormente, para ter o namorado perfeito. Os dois superaram essa crise, depois de alguns meses separados e voltaram a ficar juntos e até mesmo atualmente nos quadrinhos estão noivos.

Apolo e Meia-Noite


Apolo e Meia-Noite (Midnighter, no original em inglês) são dois super-heróis que surgiram na série de quadrinhos 'A Autoridade' criada por Warren Ellis e Bryan Hitch e publicadas pelo selo WildStorm. Os dois faziam parte da equipe Storm Watch, sendo também um dos primeiros casais gays a trocar alianças em páginas de quadrinhos e foram incorporados ao Universo DC em 2011.

Apolo e Meia-Noite faziam parte de um grupo secreto de operações especiais da Storm Watch, mas foram traídos por um de seus colegas, sendo quase mortos, tiveram de fugir e tornaram-se heróis de rua, pelo menos até o ponto do início das HQs. Meia-Noite, cujo nome verdadeiro é Lucas Trent, possui vários implantes em seu corpo, que fornecem força, velocidade e reflexos sobre-humanos e Apolo possui a capacidade de absorver a energia solar, tendo super-força, capacidade de voar, invulnerabilidade e visão de calor.

E eles são a versão do Superman e do Batman desse universo, então sim, temos um casal que é o Homem de Aço e o Cavaleiro das Trevas nas HQs.


Mística e Sina



Durante anos, uma das coisas que ficavam apenas no reino da especulação era que a mutante metamórfica Mística (Raven Darkholme) e a precognitiva Sina (Irene Adler) viviam um relacionamento amoroso. As duas viveram juntas por muitos anos e depois que a Vampira fugiu de casa, as duas a criaram como sua filha. Entretanto, já foi revelado que anteriormente, o roteirista de X-Men, Chris Claremont queria que a Vampira fosse a filha biológica das duas, quando Mística teria assumido a forma de um homem e assim teriam gerado uma criança, mas a censura de HQs que vigorava na época acabou proibindo tanto a confirmação da bissexualidade de Mística, quanto da origem da Vampira.

No entanto, isso mudou recentemente, onde finalmente foi confirmado que as duas são um casal, e há de se dizer, que a morte de Sina teria sido uns fatores que levou Mística a se tornar uma vilã. 

Rictor e Shatterstar



Rictor era um membro da X-Force, um mutante com a habilidade de controlar a terra e forças sísmicas, causando tremores, além de sofrer de depressão e tendências suícidas, ele teve um rápido relacionamento com a mutante Lupina, no entanto, acabou não dando certo. Enquanto isso Shatterstar veio do futuro de uma realidade alternativa conhecida como Mojoverso, onde ele foi criado como um gladiador para lutar em arenas, ele possui a habilidade de conduzir ondas vibratórias através de suas duas espadas, além de possui força, agilidade e um instinto violento, também possuindo uma estrutura óssea oca, que o permite ser mais ágil e leve, além disso ele é pansexual. 


Os dois se conheceram quando Shatterstar saiu da equipe dos Novos Mutantes e foi para a X-Force, eles permaneceram no armário durante um longo tempo até que Rictor o beijou depois de Shatterstar recuperar a consciência ao ser dominado mentalmente durante um longo período de tempo. Os dois formaram assim um dos primeiros casais gays das  equipes mutantes.

Estrela Polar e Kyle Jinadu


O mutante Estrela Polar surgiu nas HQs como um dos membros do time de heróis canadenses, a Equipe Alfa, mas eventualmente se juntou aos X-Men. O seu nome verdadeiro é Jean-Paul Beaubier e ele foi um dos poucos mutantes que manteve seus super-poderes depois dos eventos do arco da Dinastia M. Depois de assumir sua homossexualidade e se tornar um professor no Instituto Xavier para Mutantes, Estrela Polar decidiu pedir seu namorado Kyle em casamento. 

O casamento dos dois foi um dos eventos mais grandiosos da Marvel, com diversos convidados, incluindo Tempestade, Ciclope e o resto dos X-Men
Wolverine e Hércules



Em uma realidade paralela lançada na décima edição de X-Treme X-Men, o relacionamento insinuado no início da revista entre o personagem Wolverine, então na história, o general canadense James Howlett e o personagem Hércules foi confirmado em uma cena de beijo (logo depois de derrotarem um fucking monstro gigante com uma espada gigante!) e foi muito divulgada e comentada por diversos veículos de mídia, causando um escândalo em diversos homofóbicos.

O casal de heróis na história acaba tendo de enfrentar a fúria de Zeus, que não permite que qualquer deus tenha consortes humanos, então para punir seu filho Hércules os joga nas profundezas Tártaro, onde os dois precisaram lutar pela sua vida, mas infelizmente, a revista acabou sendo cancelada com a saída do roteirista principal Greg Park.

Arlequina e Hera Venenosa




Depois de romper seu relacionamento abusivo com o Coringa, a Arlequina decidiu montar sua própria carreira de crimes se tornou parceira da vilã Hera Venenosa. As duas criaram uma forte amizade e uma grande proximidade emocional, que tanto nas séries animadas, quanto nos quadrinhos, dava a entender de que as duas eram mais que amigas. Depois de um bom tempo, com o retorno do arco de Arlequina rompendo com o Coringa, que finalmente se confirmou que as duas formam um casal.

As duas também formaram uma amizade e o grupo das Sereias de Gotham com a Mulher-Gato (que recentemente revelou ser bissexual), onde além de lutarem juntas, também mantinham um relacionamento aberto. O romance das duas se tornou um dos mais interessantes dentre os personagens relacionados a Gotham e provavelmente deve abordado na série animada da Arlequina da DC Universe.



Mas enfim, você conhece mais casais gays nos quadrinhos de super-heróis e qual o seu casal gay favorito das HQs? Deixa nos comentários e acompanhe mais do conteúdo exclusivo do Mês do Orgulho no Co-op Geeks.


Créditos

Texto: Felipe Lima
Revisão: Felipe Lima


«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga