Menu
» » » » » » » » » » » 12 autores nacionais LGBTQIA+ de fantasia que você precisa conhecer


Felipe Cavalcante 8.7.20



A literatura de fantasia brasileira é um dos movimentos que mais vem crescendo hoje em dia. Durante um longo tempo sempre se falou que não existem grandes escritores de escrita especulativa no Brasil, no entanto, uma bem-vinda onda de novos autores surgiu trazendo muitas novidades para a Literatura Fantástica Brasileira.

Desde mistérios noir, horror, ficção científica e fantasia folclórica muitas novidades tem surgido no mercado editorial nacional. Além disso uma marca desse novo movimento de novos escritores tem sido a representatividade, especialmente a LGBTQIA+Então decidimos trazer uma lista de autores brasileiros que se identificam como LGBTQIA+ como e/ou escrevem livros que trazem a temática LGBTQIA+:



Daniele Cavalcante - Sombras Noturnas


Nas Sombras Noturnas escondem-se alguns dos nossos piores pesadelos. O inusitado no canto de um beco escuro; o fantástico rastejando em um bueiro; a magia que nos aguarda em uma esquina qualquer. O ordinário esconde em sua capa de normalidade passagens a outros mundos  basta saber como encontrá-las.

A autora Daniele Cavalcante publicou o livro Sombras Noturnas (2019), uma coleção de seus contos de fantasia urbana e sombria que foram publicados de forma independente entre 2010 e 2015 pelas editoras Estronho e Literata, e contém histórias sombrias com temas que variam desde LGBTQIA+, como o conto "Corredores Fantasmas", distopia, como "O Estado Messiânico" e sonhos assombrados, como "O Sonho de Marcelo"

O e-book está disponível para compra na Amazon por esse link: https://amzn.to/3iFshcQ


G. G. Diniz - Morte Matada 



A escritora cearense G. G. Diniz publicou Morte Matada - uma noveleta do estilo Sertãopunk para a coleção Carcarás, publicado pela editora Corvus

A história se passa na cidade de Cedrinho, no Ceará, num futuro dominado pelo coronelismo, porém, onde a população da cidade é subjugada além das mãos de ferro do coronel Gomes e por coleiras digitais. A protagonista Heloísa, não usa coleira, mas também não é livre, uma enfermeira que trabalha no posto de saúde local, tendo de lidar com a falta de equipamentos e condições terríveis e acaba se envolvendo em muito mais do que queria quando duas mulheres forasteiras e fugitivas armadas surgem na soleira de sua porta.

'Morte Matada' está disponível para compra na Amazon por esse link: https://amzn.to/38EjT8J.



Delson Neto - Diário Simulado




"O limiar entre o real e o virtual pode ser tão perigoso quanto a travessia da juventude para a vida adulta."

O autor Delson Neto publicou Diário Simulado pela editora Plutão, ganhador do Prêmio Wattys de 2018. 

A história é uma ficção científica cyberpunk que se passa em Nova Avalon e é contada de forma não-linear, seguindo a protagonista Shura Lee, acompanhando suas aventuras e desventuras, que vive em um pequeno apartamento ao lado de sua família, que tem sua vida transformada ao se tornar uma policial em Cornewall. A história se torna uma jornada com cenas de ação e cenários neon, além de várias referências pop e uma personagem que precisa lutar contra o que é real e o que não é. 

O e-book está disponível para compra nesse link: https://amzn.to/3iMJgtU


Bárbara Morais - A trilogia Anômalos




A autora Bárbara Morais, nascida em Brasília e além de participar do podcast Pode Entrar sobre vampiros, escreveu a trilogia Anômalos pela editora Gutenberg - compostos pelos livros A Ilha dos Dissidentes (2013), A Ameaça Invisível (2014), e A Retomada da União (2015) - uma distopia envolvendo mutantes. O primeiro volume segue uma adolescente órfã chamada Sybil Varuna, que sempre viveu na pobreza numa região de guerra entre a União e o Império do Sol, mas que eventualmente descobre ser um dos Anômalos - um grupo especial de pessoas com mutações genéticas que dão habilidades sobre-humanas. Ela acaba indo parar em Pandora, a maior cidade de mutantes do continente e ganhando uma família adotiva, mas logo ela vai descobrindo que existe uma grande diferença entre os anômalos e os humanos.

Além disso também publicou diversos contos como "Garotas Mágicas Super Natalinas" na antologia LGBTQ+ de contos natalinos "Todas as Cores do Natal" (2017) e o conto "Confissões" na antologia "Todo Mundo Tem Uma Primeira Vez" (2019).

A trilogia Anômalos está disponível para a compra pelo link: https://amzn.to/2ZTvbSN.

Wanderson Razoni - Alucinógenas




Você vai viver na lua, se apaixonar num parque, mergulhar no oceano ou se sentir banhando em sangue, até chegar na metamorfose.

A antologia Alucinógenas do autor Wanderson Razoni é um livro de contos publicado pela editora Folheando,  conta com narrativas irreais e metafóricas que nos imerge no crescer e nas dificuldades da alma, em terrores e loucuras apaixonantes, se pautando em vivências LGBTQIA+ e lidando com temas de preconceito, depressão, ansiedade, descoberta e amores.

O livro está disponível para compra por esse link: bit.ly/2AD46uh



Thiago Ambrósio Lage - 



O autor Thiago Ambrósio Lage, mora em Palmas, e além de professor, publicou o conto "Patrícia" (2019) na Coleção Casa Fantástica da editora Presságio, um maravilhoso conto do gênero weird e o conto "Plano de Ensino: Introdução ao Voo" para a newsletter literária Faísca, um braço da Revista Mafagafo. Ele também tem diversos contos publicados em seu perfil do Wattpad

Além disso ele terá um novo conto lançado na antologia Violetas, Unicórnios e Rinocerontes publicada pela editora Patuá, uma coleção de contos de autores LGBTQIA+ com protagonistas LGBTQIA+ imaginando o que o futuro os reserva com vários subgêneros da ficção científica e new weird.

A antologia Violetas Unicórnios e Rinocerontes foi financiada num projeto do catarse e você pode saber mais sobre ela nesse link.



Lito Garcia - O Terno Laranja


O autor paulista Alan Silva (com o pseudônimo de Lito Garcia) publicou O Terno Laranja - um conto distópico sobre um futuro em que o país tornou-se controlado por um regime autoritário e fanático e dividiu-se entre os Patriotas e o resto da população em miseráveis e servos. O personagem protagonista, Brás, que junto da mãe serve a uma das cinco famílias de governantes mais poderosas do país e que acaba se apaixonando por Pedro, o herdeiro dessa família. 

Além desse conto Alan Silva tem diversas outras publicações como o livro Vera Cruz: e o Espelho Sagrado, que surgiu como uma fanfic de Percy Jackson e se tornou uma história com a mitologia do folclore brasileiro e o livro de poesias Almas

O conto O Terno Laranja está disponível para compra na Amazon pelo link: https://amzn.to/38Kw2ZR.



Eric Novello - Ninguém Nasce um Herói


O autor e editor carioca Eric Novello, escreveu de Exorcismos, Amores e uma dose de blues (2014) - uma fantasia noir que apresenta o mago e exorcista Tiago Boanerges, que após um fracasso num exorcismo acaba sendo demitido do Conselho de Hórus, sem amigos e terrivelmente doente, mas, acaba tendo a chance de dar a volta por cima ao receber uma missão do seu antigo chefe na cidade de Libertá (uma versão de São Paulo steampunk), mas tento que se reaproximar de seu antigo amor e mais recentemente o livro Ninguém Nasce Herói. - uma distopia brasileira onde o fanatismo religioso tomou conta do país e a leitura é proibida, e o personagem principal, Chovisco, resiste distribuindo livros em público.

Além dos dois livros, o autor também tem diversos contos publicados em coletâneas do gênero steampunk e dark fantasy

'Ninguém Nasce Um Herói' pode ser comprado pela Amazon nesse link: https://amzn.to/3e8KcFm



Laís Lacet - Caçadores de Tempestade



A autora Laís Lacet publicou Caçadores de Tempestade (2019), como o sexto livro na antologia Todas as Cores do Arco-íris, um projeto da Editora Resistência para publicar uma série de livros e contos com todas as letras da sigla LGBTQA+.

A trama segue em um mundo steampunk da Nova Era, onde seguimos Tifa, a capitã de um zepelim e uma personagem assexual, que parte numa missão para resgatar e libertar crianças da servidão à bordo de outros zepelins que caçam a eletricidade dos raios, assim como ela mesma foi um dia

O e-book está disponível para compra por este link na Amazon: https://amzn.to/2ZO44rV.


Mariana Madelinn - A Trilha



A escritora Mariana Madelinn nasceu no inverno de 1994, em Salvador. É baiana com orgulho, bacharel em Direito e não consegue imaginar uma realidade em que não esteja escrevendo. Desde 2009 possui um blog lírico intitulado Cantar à Vida, onde posta poesias e prosas poéticas. Tem dois livros de fantasia publicados pela Amazon: A Trilha (2018) - um conto protagonizado por uma personagem indígena em contexto urbano, tentando entender melhor sua ancestralidade e descobrindo uma missão perigosa e As Inverdades Nunca Ditas (2019) - que conta a história da cigana Safira, que foi amaldiçoada a se alimentar de sentimentos humanos para continuar imortal. 

Também em 2019 ela compôs a antologia Manifesto Poético da Editora Resistência e confirmou que vai participar do projeto Farras Fantásticas da editora Corvus.


'A Trilha' e 'Inverdades Nunca Ditas' estão disponíveis por esses links: https://amzn.to/31U5nsd e https://amzn.to/31X2CpT


Jan Santos - O Dia Em Que Enterrei Miguel Arcanjo



O autor amazonense Jan Santos é o autor da antologia de contos Relatos de Um Mundo Sem Luz (2013) e A Rainha de Maio (2016), publicado em parceria com a editora Lendari, sempre carregando influências de Neil Gaiman, Dalton Trevisan e mesmo da música, como a cantora Stevie Nicks, e além de vários contos em revistas, mais recentemente publicou um livro conceitual de contos "O Dia em que enterrei Miguel Arcanjo e outros contos de fada", uma antologia sobre uma criatura "guardiã do submundo que espreita as florestas e surge com diversos nomes".

'O Dia em que Enterrei Miguel Arcanjo' está disponível para compra na Amazon por esse link: https://amzn.to/2BQgrvQ

Camila Cerdeira - Guardião do Destino


Camila Cerdeira, autore não-binário e bissexual, atualmente vive em Fortaleza, e além de fazer parte dos podcasts como o Orgulho Podcast e o Bisão Voador, dividir seu tempo entre a fotografia e fazer parte do grupo Tria de Teatro, publicou o conto "Guardião do Destino" na antologia "Não Morre no Final" da editora Resistência, onde conta a história de um anjo, um guardião que fica divido entre o seu dever e os seus sentimentos. 

Além disso escreve sobre personagens LGBTQIA+ em diversos contos publicados no Medium, como "Duas Semanas", "Morangos e Chocolate" e "Sobre o Fim".

O e-book da antologia Não Morre no Final está disponível para a compra nesse link: amzn.to/3iEDOJu



Créditos

Texto: Felipe Lima
Revisão: Felipe Lima


«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga