Menu
» » » » » » » » Obras de Neil Gaiman que mereciam uma adaptação


Felipe Cavalcante 10.11.20

 


O escritor Neil Gaiman além de ser um dos autores mais renomados de ficção já teve diversas obras suas adaptadas para filmes e séries, como Coraline, Stardust - O Mistério da Estrela, Deuses Americanos e Belas Maldições, contudo, muitas de suas obras também passaram por muito tempo sem a oportunidade de serem adaptadas.


Então trouxemos aqui uma lista de obras dele que mereciam uma adaptação para a TV ou para os cinemas:


Os Livros da Magia

Imagem: ilustração de Timothy Hunter, um garoto franzino de cabelos pretos e um par de óculos ao lado de uma coruja enorme pousando em seu ombro.


Essa minissérie de HQs escrita por Gaiman para a DC Comics na década de 90 foca no jovem Timothy Hunter, um pré-adolescente que descobre ser o Escolhido e o potencial de se tornar um dos maiores mágicos de todos os tempo sendo iniciado na magia por ninguém mais que John Constantine, o Vingador Fantasma, Doutor Oculto e o Mister E e ao mesmo tempo tentando evitar ser capturado pelo Culto da Chama Fria

A série que iniciou apenas como uma forma de apresentar e organizar o mundo mágico da DC, cresceu tornando-se um enorme arco de aventuras e aprendizagens de Timothy nos caminhos da magia e daria uma ótima adaptação em série ou filme. 


Lugar Nenhum

Imagem: ilustração da personagem Door, uma moça ruiva em roupas maltrapilhas, de cabeça para baixo em um túnel avermelhado e cheio de canos, e acima dela, uma calçada com os pés de várias pessoas andando na rua.


'Lugar Nenhum' é uma das obras mais conhecidas de Gaiman, sendo uma adaptação de uma ideia original dele que inicialmente foi transformada numa minissérie para a BBC, contando a história de Richard Mayhew, um tímido jovem que acabou de se mudar para a cidade de Londres e está noivo de Jessica, apenas para acabar sendo transportado para a Londres de Baixo, uma versão subterrânea, obscura e cheia de criaturas estranhas da Londres de Cima, ao ajudar uma jovem ferida, Door

Agora na companhia do Marquês de Carabas e da Caçadora, ele deve encontrar uma maneira de retornar ao mundo da superfície e ao mesmo tempo evitar encontrar dois nefastos assassinos encarregados da missão de assassinar Door: o Sr. Croup e o Sr. Vandemar.

Por mais que a minissérie seja um dos clássicos da BBC e de Neil Gaiman, logo vemos que não havia verba suficiente para que todos os efeitos especiais necessários fossem executados, seria muito interessante ver uma versão modernizada e com efeitos melhores de Lugar Nenhum. 



João e Maria

Imagem: arte em preto e branco, feita em xilogravura, dos irmãos João e Maria, representados por duas silhuetas pretas num canto da pintura, descobrindo a casa de doces, rodeada por diversas árvores e sombreados escuros.


Neil Gaiman publicou em 2014 uma versão em graphic novel do conto de fadas João e Maria com ilustrações feitas pelo artista italiano Lorenzo Mattotti

A versão de Gaiman que continua com todos os elementos clássicos da história original, apenas apresentando uma estética mais sombria teve os direitos de adaptação comprados pela produtora Juliet Blake (The Hundred-Foot Journey), e poderia se tornar uma interessante versão live-action desse conto de fadas. 



O Dia Em Que Eu Troquei Meu Pai Por Dois Peixinhos Dourados

Imagem: capa da versão inglesa com a ilustração de um garoto com uma camisa verde com listras claras gesticulando com uma boneca loira de braços cruzados.


Essa fábula escrita por Gaiman e ilustrada por Dave McKean surgiu no dia em que um dos filhos dele, revoltado, disse que poderia trocá-lo por um peixinho dourado. Então o escritor decidiu tornar real essa história de absurdo na qual um garoto troca o pai por um par de peixes de um amigo, e agora precisa reavê-lo por qualquer coisa, nem que seja sua coleção de figurinhas.

Além disso já foram discutidos planos de tornar esse livro um longa-metragem. 


O Livro do Cemitério

Imagem: um fundo azul com uma meia-lápide e o título em branco e inglês, numa fonte gótica: "The Graveyard Book".


O Livro do Cemitério é um dos livros mais amados de Gaiman, contando a história do jovem garoto Ninguém Owens, que sobreviveu ao ataque de um assassino e acabou parando dentro de um cemitério, onde ele é criado pelos fantasmas do lugar, a Sr.ª e o Sr. Owens e o guarda do cemitério, Silas.


Esse livro é um reconto gótico das histórias de Mogli, o Menino Lobo (no original The Jungle Book), mas com as criaturas do cemitério fazendo as vezes das criaturas estranhas que o menino Ninguém encontra e o diretor Henry Selick, de Coraline e O Estranho Mundo de Jack tem planos para criar uma adaptação em stop-motion do livro. 


Os Filhos de Anansi

Imagem: fundo preto com uma ilustração de teia-de-aranha e o título em azul e numa letra gótica que poderia ter sido feita a giz: Anansi Boys e por cima o nome Neil Gaiman.


Os Filhos de Anansi é um spin-off do livro Deuses Americanos, mas focando em um novo personagem, o filho do deus aracnídeo africano Anansi, Charlie Nancy, um pacato londrino é convencido pela esposa a convidar o seu pai para a sua festa de casamento. Mas depois a morte do seu pai, o Sr. Nancy, ele também descobre um rival em seu irmão perdido, o mais divertido, descolado e interessante, o Aranha e que existem diversos outros deuses e entidades das mitologias africanas que ainda desejam ter alguma vingança póstuma contra o velho deus Anansi. 


Esse livro que é bem mais leve que o seu antecessor, além de trazer uma narrativa mais bem-humorada também caberia muito bem em uma minissérie com o ator Orlando Jones retornando como o personagem Sr. Nancy, embora com as recentes discussões sobre a demissão do ator na série American Gods esses planos possam não acontecer mais. 

Mas quem sabe um filme?




Então diga pra gente que obra de Neil Gaiman você gostaria de ver adaptada num futuro próximo? Deixe nos comentários e continue seguindo o site Co-op Geeks para mais listas sobre filmes, séries e HQs.


Créditos


Texto: Felipe Lima

Revisão: Felipe Lima



«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga