Menu
» » » » » » » » Luca - 'um filme sobre amizades e ser diferente' (review COM SPOILERS)


Felipe Cavalcante 20.6.21

Imagem: Luca e Alberto estão nadando e sorrindo no fundo do mar. Eles são seres aquaticos e humanoides com calda. Possuem escamas, as de alberto são azuis e roxas e as de luca são verde e azul. Os dois usam roupa de humanos, camisa regata e bermuda.


A nova animação da Pixar, Luca, chegou na Disney Plus


ATENÇÃO! Este review conterá SPOILERS do filme 'Luca' da Disney Plus. Leia com atenção.


Imagem: Animação 3D. Luca é um ser aquático, tem a cabeça feita de escamas verdes, seus olhos são grandes e amarelos e possui dois buracos no lugar de nariz. No lugar de cabelo tem escamas azuis levatadas para cima e no pescoço tem guelras. Seu corpo está metade humano e ele olha espantado para sua mão que é humana agora.

A trama conta a história de Luca, um tímido garoto monstro marinho de 13 anos que mora nas profundezas do mar na beira da vila de Portorosso, na Riviera Italiana, com a sua curiosidade sobre o mundo dos humanos esmagado pelos seus pais super-protetores até que ele decide subir para a superfície (onde os monstros marinhos conseguem assumir uma forma humana) ao fazer amizade com Alberto, outro garoto monstro marinho que vive na superfície.

Ao decidirem fugir juntos os dois acabam fazendo amizade com uma menina humana chamada Giulia, a filha de Massimo, o peixeiro local, com quem combinam de ajudar a vencer a competição de triatlo da cidade e assim conseguir o dinheiro para uma sonhada motocicleta Vespa para percorrer o mundo.


Imagem: Luca, versão humana (menino branco de olhos castanhos e camisa branca e bermuda), Alberto, versão humana, (menino negro de pele clara, olhos verdes e cabelo crespo e castanho claro camiseta regata e bermuda) e Giulia, menina branca de cabelo ruivo e crespo, que usa toca azul e camiseta de listras laranjas e calça jeans. Estão os três em circulo juntando as mãos dadas e sorrindo. estão num porto e atras é possível ver o mar em um dia ensolarado.


'Luca' traz um comovente conto sobre enfrentar o desconhecido, sobre amizade e aceitação do diferente, mas de uma maneira tão leve e bem-construída, que quase não dá para perceber o momento em que o filme chega no seu ponto emocional e ainda assim pega lá dentro. Com toda certeza é um filme para nos deixar o coração quentinho e um sorriso no rosto.


A amizade de Luca e Alberto no início do filme é maravilhosa de se ver, especialmente refletida com a curiosidade de Luca sobre o mundo e como as coisas dos humanos funcionam, e, fica ainda melhor com a chegada de Giulia. 

E, por mais que as comparações meméticas com o filme Me Chame Pelo Seu Nome não tenham um fundo de verdade, pois 'Luca' não é um filme sobre amor, ainda assim existe uma mensagem bem explícita sobre alteridade e autodescoberta, com um final maravilhosamente fofo em que o diferente e o "clube dos excluídos" é aceito.


Imagem: Luca, versão humana (menino branco de olhos castanhos e camisa branca e bermuda), Alberto, versão humana, (menino negro de pele clara, olhos verdes e cabelo crespo e castanho claro camiseta regata e bermuda)  estão comendo sorvete de casquinha e sorrindo. Estão num porto e atrás é possível ver o mar em um dia ensolarado.


A animação da Pixar entrega um visual maravilhoso e que representa muito bem os detalhes de um verão beira-mar na Riviera Italiana e beleza das pequenas cidades litorâneas, e, especialmente nas cenas em que entramos na imaginação fértil de Luca e o diretor Enrico Casarosa (o diretor do curta-metragem La Luna) nos entrega uma história vibrante sobre sobre amadurecimento.


'Luca' é um filme leve e simples, o humor parciomonioso, mas bem eficaz e por isso, mesmo que não traga rios de lágrimas aos olhos de quem for assistir, ainda assim torna-se mais um acerto tão certeiro da Pixar.


Créditos


Texto: Felipe Lima

Revisão: Felipe Lima



«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga