Menu


Felipe Cavalcante 23.9.21

Imagem de capa: fundo com a bandeira do orgulho bissexual, três listras nas cores rosa, roxo e azul-escuro e com os personagens Tim Drake, o Robin com cabelos pretos, máscara e um uniforme vermelho, verde com o R amarelo, depois o personagem Célere, um herói em um traje verde com detalhes prateados, um óculos de proteção amarelo e cabelos prateados, a Mulher-Maravilha, interpretada por Gal Gadot, com uma armadura vermelha e erguendo uma espada, o personagem Oberyn Martell, interpretado por Pedro Pascal, um cavaleiro com armadura de couro e lança, a Arlequina, uma mulher loira com cabelo curto em duas tranças pintadas em rosa e azul, uma blusa multicolorida feita de fitas, suspensórios rosa, um short jeans e segurando uma marreta.

Na ficção temos todo tipo de personagens diferentes e interessantes, e seja num filme, em HQs ou em séries, eles nos atingem e nos identificamos com as suas histórias e personalidades. Por causa desse impacto que a ficção tem na realidade é que existe muita discussão sobre a questão da representatividade nos personagens, especialmente com personagens LGBTQIA+

Não é incomum que em filmes, séries e outras mídias termos a representação de personagens bissexuais como "encarnações perversas e depravadas de desejos sexuais desinibidos" ou apenas como "confusos e que não sabem o que querem" já que muitas vezes as pessoas acham mais fácil criar um personagem que é um estereótipo ou só se define por uma característica: a orientação sexual.

E por isso trouxemos aqui nesta lista 12 personagens bissexuais da cultura pop que merecem destaque. 


12 - Célere

imagem: Fundo bandeira Bi. Personagem em quadrinho. Célere. Homem branco, magro, de cabelo branco. Usa uniforme verde com detalhes em branco e colado no corpo. E usa óculos amarelos.

Tommy Shepherd ou mais conhecido como Célere é um velocista da Marvel, filho de Wanda Maximoff, a Feiticeira Escarlate e do Visão.

Nos quadrinhos, ele teve a sua alma levada pelo demônio Mephisto e reencarnou em outra identidade, porém depois de se juntar aos Jovens Vingadores e mais tarde todos descobririam que ele era o irmão gêmeo de Billy Klapan, o Wiccano

Tommy herdou todos os super poderes do seu tio Pietro Maximoff, tendo super velocidade, reflexos sobre-humanos e durabilidade. 

Além disso, quando esteve no grupo dos Jovens Vingadores teve um romance com Kate Bishop, a Gaviã Arqueira que durou algumas edições e depois começou um romance com outro colega de equipe, o mutante Prodígio


11 - Tim Drake

Imagem: Fundo bandeira bi. Personagem em quadrinho.Tim drake, garoto branco de cabelos pretos. Usa uniforme preto com verde e vermelho. Usa máscara que cobre os olhos. E está com o punho levantado segurando lâminas.

O personagem Tim Drake, o Robin foi confirmado como bissexual na sexta edição da HQ ‘Batman: Urban Legends‘ em que vemos Drake precisa resgatar o velho amigo Bernard e outros adolescentes sequestrados de Gotham City do covil dos Monstros do Caos, e, ao final da HQ, Drake aceita o convite dele para um encontro.

O personagem Tim Drake foi o terceiro a assumir o manto do Robin. Quando ele era um jovem garoto acompanhou as aventuras de Batman e Robin em telejornais desde o assassinato dos “Graysons Voadores”, crime do qual ele foi testemunha ocular e deduziu a identidade do Batman, confrontando-o e se tornando o novo ajudante do Homem-Morcego e teve um romance com a personagem Stephanie Brown


10 - John Constantine

Imagem: Fundo roxo com névoa. Personagem em quadrinhos. Constantine, homem branco e loiro. Sem barba. Usa sobretudo cor creme. Está com a mão direta levantada e erradia luz dela. Com a esquerda segura um isqueiro,

O exorcista/detetive paranormal John Constantine dos quadrinhos Hellblazer da DC e Vertigo que vive em Liverpool e costuma resolver casos envolvendo demônios, possessões e possíveis destruições do mundo, ele também é extremamente cínico, sarcástico, desiludido e fumante, e suas atitudes heroicas nem sempre dão muito certo. Porém, ele continua sendo um dos maiores ocultistas do Universo da DC, possuindo um vasto conhecimento em magia, invocação e divinação, sendo que em dado momento até mesmo Morfeus, o Senhor dos Sonhos das HQs de Sandman busca a sua ajuda. 

Constantine normalmente prefere trabalhar sozinho, porém ele também faz parte de duas equipes, a Brigada dos Encapotados e a Liga da Justiça Sombria, e ele é bissexual tendo tido vários amantes, homens, mulheres e alguns demônios no caminho, além da maga Zatara Zatanna e o feiticeiro Nick Necro. 


9 - Rosa Díaz

Imagem: Rosa diaz, mulher latina, de cabelos cacheados e longos. olhos castanhos e olhar sério. Usa jaqueta de couro preta.

A série de comédia Brooklyn 99 está chegando em sua oitava e última temporada, contudo, apesar do seu fim conquistou uma legião de assíduos fãs e um dos aspectos fundamentais da série tem sido a representatividade dentro da equipe da delegacia 99 de Nova York, e, no caso de hoje, veremos a personagem Rosa Diaz. 

A personagem Rosa Diaz, interpretada pela atriz Stephanie Beatriz que também é bissexual, sendo uma mulher latina e bissexual, além de ser a badass do departamento de polícia 99 onde todos os personagens trabalham. 

Ela sai do armário em torno da quinta temporada da série e tem o apoio dos seus amigos mais próximos e um episódio inteiro dedicado apenas para lidar com a sua identidade e família. 

Além disso durante a série vemos a personagem ter relações tanto com homens, como o violento detetive Adrian Pimento, quanto com mulheres, como a sua atual namorada Jocelyn.


8 - Oberyn Martell

Imagem: Oberyn martell e Ellaria Sand. Os dois são não branco. Ascendência latina. Oberyn está na frente, tem cabelo curto e preto, tem barba curta, usa vestes amarelas. Ellaria tem cabelos longos e cacheados, e usa vestido em tons terrosos.


Oberyn Martell, o Víbora Vermelha de Dorne da Casa Martell é um dos guerreiros e nobres mais famosos de Westeros, conhecido por ser um excelente espadachim, ele também tem a fama de usar venenos nas lâminas de suas armas, um conhecimento que Oberyn adquiriu depois de passar alguns anos estudando na Cidadela para tornar-se um Meistre, apesar de ter largado esses estudos para viajar pelo mundo. Ele faz a sua primeira aparição nos livros em "A Tormenta de Espadas", e na série no episódio "Two Swords", quando ele viaja para Porto Real com a intenção de finalmente vingar o assassinato de sua irmã Elia Martell pelas mãos de Gregor Clegane, o Montanha.

Oberyn viaja junto da sua amante Ellaria Sand, que é mãe de uma das suas filhas, as Serpentes de Areia e também é bissexual. O Víbora Vermelha é um dornês típico, destemido, de língua afiada e sangue quente, além de ser muito fiel à sua família e desde de cedo ter protegido e treinado suas filhas bastardas, as Serpentes, para saberem se defender, cada uma com suas habilidades. Outra característica dele é sua inibidez quanto a sexualidade, como ele mesmo diz: "Quando se trata de guerra, eu luto por Dorne, quando se trata de amor, eu não escolho lados".

Tanto na série, como nos livros ele encontra seu destino nas mãos do Montanha, porém ainda assim conseguindo derrotá-lo, e a sua morte inicia uma grande revolta de Dorne e o início de uma trama que poderia mudar a balança na guerra que ainda está por vir.



7 - Magnus Bane

Imagem: Magnus Bane. Homem não branco, nipo-descendente. Tem cabelos pretos e  com topete. Usa sombra nos olhos e um terno azul com arebescos pretos.

O personagem Magnus Bane é um dos mais poderosos entre o grupo dos Caçadores de Sombras na série de TV Shadowhunters baseada nos livros de Cassandra Clare. Ele é um Alto Feiticeiro do Brooklyn, com descendência asiática e um estilo bem exótico para roupas, com cerca de mais de quatro séculos de idade e que ajuda frequentemente os protagonistas, mas que ganha mais relevância quando ele passa a formar um relacionamento com o Caçador das Sombras Alec Lightwood, que ainda não saiu do armário como gay. 


De um modo muito interessante, Bane é uma subversão de um esteriótipo do "gay afeminado e frágil", porque apesar de sempre ser descrito com roupas coloridas e espalhafatosas, ele continua sendo bissexual e um dos personagens mais poderosos do grupo e como ele próprio afirma já ficou com: "homens, mulheres, fadas, bruxos, vampiros e até um gênio ou dois".


6 - Annalise Keating

Imagem: Annalise. Mulher Negra com cabelos pretos e ondulados na altura do queixo. Usa batom vermelho e está com olhar sério. Usa vestido preto.

Viola Davis fez um grande trabalho interpretando a advogada badass e hiper-competente Annalise Keating na série How to Get Away with Murder, produzida por Shonda Rymes, onde não apenas ela é uma personagem feminina extremamente forte e que por mais que tenha um gênio muito difícil, todos querem ser como ela. 

Não é uma personagem perfeita, ela é implacável e amoral, e também possui uma paixão e determinação na sua profissão que muitas vezes sublima as sua relações com os seus alunos (e eventuais parceiros de crime, mas não disse como), e na segunda temporada é revelada como bissexual. 

Na primeira temporada, ela é casada com Sam, um professor de psicologia de Middleton, porém na temporada seguinte é revelado que ela teve um caso com a advogada Eve Rothlow (Famke Janssem) num passado, e ambas até mesmo tem um grande segredo obscuro juntas. 

5 - Luz Noceda

Imagem: fundo com a bandeira do orgulho bissexual com a personagem Luz Noceda da animação The Owl House, uma garota com pele bronzeada, cabelo curto castanho escuro que geralmente é cortado em um corte pixie e olhos castanhos e uma blusa roxa com uma listra branca.

A personagem Luz Noceda é a principal protagonista da animação The Owl House do Disney Channel

Ela é uma adolescente curiosa, imaginativa e excêntrica de descendência latina que acidentalmente tropeçou em um portal para o mundo mágico das Ilhas Escaldadas, uma dimensão onde criaturas mágicas são reais e os humanos são desprezados e tratados como seres inferiores e se torna a aprendiz da bruxa Eda Clawthorne

Nos mais recentes episódios da série Luz demonstrou interesse em uma relação com outra personagem feminina, a sua ex-inimiga Amity Blight, onde as duas compartilham uma dança juntas e a criadora da animação, Dana Torrance, confirmou que a personagem é bissexual e tem um interesse romântico.


4 - Korra

Imagem: fundo dourado com as personagens Asami e Korra, uma garota de pele clara e longos cabelos pretos com os lábios com batom escuro abraçada com Korra, uma garota mais alta de pele escura, cabelos castanhos curtos e roupas em tons azuis, brancas e cinzas.


Na season finale de A Lenda de Korra, a continuação de Avatar, temos a formação de um casal que para muitos foi inesperado. Na primeira temporada, MakoAsami e a protagonista e a Avatar Korra formam um triângulo amoroso complicado, e muitos esperavam que a rivalidade das duas garotas desse triângulo: Asami e Korra fosse alimentar-se durante o resto da história. Porém, esse cliché é passado por cima durante o desenvolvimento das personagens que se tornam muito amigas durante a série, com isso eu já estava muito feliz. 

Contudo, ao longo do final da temporada, muitas pequenas pistas são dadas de que o relacionamento entre Korra e Asami está se tornando muito mais forte que uma amizade. A Avatar está quebrada internamente e tendo de lidar com seus traumas, e Asami, que também tem muitos problemas, está ali para apoiá-la.

Então, no final, quando elas tem uma última conversa sozinhas, decidem visitar o Mundo Espiritual juntas, o único lugar que Asami nunca foi junto da Equipe Avatar, elas andam de mãos dadas até o portal recém-aberto para o Mundo Espiritual, olham uma para a outra com carinho e somem num espargir de luz para a próxima aventura, juntas.


3 - Capitão Jack Harkness

Imagem: Jack. Homem branco de meia idade. Cabelo curto preto e grisalho. Tem olhos azuis e sorri com malicia. Usa sobretudo cinza e está na frente de uma cabine telefônica da polícia.

O personagem Jack Harkness da série Doctor Who e Torchwood é um viajante no tempo e adorável vigarista do século 51 que se torna um acompanhante do próprio Doutor em suas viagens pelo espaço-tempo na TARDIS

Ele é interpretado pelo ator John Barrowman e apareceu pela primeira vez em 2005 no episódio "The Empty Child", onde mostrou o seu lado extremamente conquistador ao flertar descaradamente com todo mundo ao seu redor. 

Além de beijar o próprio Doutor e Rose Tyler, a acompanhante da época e vários outros personagens ao longo da série. 


2 - Mulher-Maravilha

Imagem: a Mulher Maravilha, interpretada por Gal Gadot, uma mulher com cabelos negros, uma tiara dourada com uma estrela na frente, armadura grega vermelha, escudo vermelho com detalhes prateados e uma espada com um fundo de céu amanhecendo.

Diana de Temyscira, a Mulher-Maravilha, uma das membros fundadoras da Liga da Justiça e uma das maiores e primeiras super-heroínas das HQs. Ela nasceu na ilha de Temyscira, a Ilha Paraíso, criada pela mãe, a Rainha Hipólita, onde ela sempre acreditou ter sido feita do barro e ter adquirido vida com um sopro de Zeus, porém essa origem foi reimaginada nos Novos 52, onde ela seria, na verdade uma semideusa. 

A Mulher-Maravilha possui o Laço da Verdade, que é indestrutível e compele aquele que for preso por ele à dizer somente a verdade, as sua pulseiras, um par de braceletes indestrutíveis que ela usa para defletir balas, além de possuir super-força, super-agilidade e voo. Os seus principais inimigos são Ares, o Deus da Guerra, a Chettah, a Dra. Veneno e o Doutor Psycho.  

Em algumas HQs, a própria Mulher-Maravilha já afirmou que "ama as pessoas pelo o que elas são", e deve se tomar em conta de que a cultura dela é completamente livre do modelo de heteronormatividade e do conceito de papéis de gênero, o que se confirmou em 2016, quando ela oficializou um casamento gay e afirmou que para ela era simplesmente um casamento e mais recentemente ainda foi confirmada como uma personagem bissexual. 


1 - Arlequina

Imagem: a personagem Arlequina, uma mulher muito pálida com cabelos loiros em trancinhas pintadas de rosa e azul, uma camisa rosa com Harley escrito em preto, shorts jeans listrados e segurando um espingarda ou escopeta que atira tinta, e por trás dela um fundo de fumaça rosa e azul.

A personagem Arlequina surgiu dentro da série animada do Batman como a jovem psicóloga Harley Quinzel que tentou tratar um dos pacientes mais perigosos do Asilo Arkham, o Coringa, e ironicamente acabou sendo manipulada psicologicamente para se apaixonar por ele e assumir o papel de ajudante dele. 

Contudo, o Coringa precisava mais de uma ajudante nos seus crimes do que realmente uma parceira para um relacionamento, e o desejo de algo mais profundo durante muito tempo foi completamente unilateral, a Arlequina estava presa num relacionamento obsessivo e abusivo com o Coringa, ou como ela o chamava o seu "pudinzinho". Porém, isso tudo muda quando ela conhece a Hera Venenosa, com quem ela passa a ter um relacionamento e também ganha imunidade à venenos e toxinas. 

Eventualmente, Harley passa de vilã para anti-heroína nas HQs quando se torna parta das Sereias de Gotham, com sua atual namorada, a Hera Venenosa e a Mulher-Gato e executa missões junto do Esquadrão Suicida, apesar de seu lado insano e louco ainda vir à tona às vezes.


Créditos

Texto: Felipe Lima

Revisão: Felipe Lima

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga